19.1 C
fpolis
19.1 C
fpolis
quinta-feira, 7 julho, 2022

TV Globo exibe hoje especial “Chitãozinho & Xororó – 50 anos de história”

Reprodução/Globo
Últimas notícias

Para celebrar a trajetória de José Lima Sobrinho e Durval de Lima, os ídolos Chitãozinho & Xororó, e a contribuição para a construção da cultura popular e da identidade nacional, a TV Globo exibe o especial “Chitãozinho & Xororó – 50 anos de história” nesta quarta-feira, 1º, após”Pantanal”.

Produzido pela equipe do “Conversa com Bial” com direção artística de Monica Almeida e direção geral de Gian Carlo Bellotti, o programa contará com diferentes momentos que conjugam entrevistas conduzidas por Pedro Bial com resgates inéditos, suportados por um rico material de arquivo, e musicais.

“É um pouco musical, um pouco entrevista, um pouco documentário, mas, ao mesmo tempo, não é nenhuma dessas coisas convencionalmente. Utilizamos recursos desses gêneros para fazer um programa que é uma viagem no tempo, de 50 anos. Encontramos um jeito para tornar a música tão informativa e significativa para a história quanto o texto e as falas. Tudo é diversão e informação ao mesmo tempo”, define Pedro Bial.

“Me emocionei muito, porque acho que todo brasileiro vai se identificar. Na verdade, é uma trajetória que funciona como espelho para o Brasil e para cada um de nós, como aventura coletiva, que é a construção de uma nação, e individual, com os nossos sentimentos”, acrescenta.

Com gravações realizadas em maio no interior da cidade de Campinas, em São Paulo, o especial levou os cantores até uma casa caipira ambientada com elementos da trajetória deles, tanto pessoal quanto profissional.

O passeio pelas memórias da dupla é orientado por Pedro Bial, que aponta detalhes, como registros de família e de shows e pede para que eles relembrem as vivências por traz de cada material, o que proporciona momentos muito simbólicos, como a emoção ao verem uma foto antiga da mãe.

O espaço é ainda cenário da entrevista, em que compartilham lembranças de família, do início da carreira e têm uma conversa sobre a composição da música sertaneja – com interferências paraguaias, argentinas e mexicanas -, em especial as influências que permeiam suas criações.

Outros assuntos são a ascensão da música sertaneja a partir da dupla, já que foram os responsáveis por introduzir o estilo em veículos de massa; a origem do nome Chitãozinho & Xororó – antes eram Irmãos Lima -; as dificuldades do início de carreira, tocando em circos, entre outros temas.

Mais notícias para você
Últimas notícias

“Tóxico” – por Tatiana Cobbett e Samí Tarik

Nasce o novo single da multiartista Tatiana Cobbett em parceria com o músico, percussionista e compositor, Samí Tarik. O...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }