Novembro 29, 2021

Uber promove apitaço em jogo e chama atenção para combate ao assédio

Uber promove apitaço em jogo e chama atenção para combate ao assédio

Durante as partidas de Atlético Mineiro x Fluminense e Corinthians x Athletico Paranaense, ontem, 28, um apitaço chamou a atenção em dois momentos dos jogos. A estranheza inicial foi substituída por admiração quando os narradores explicaram que se tratava de uma iniciativa da Uber em parceria com o MeToo Brasil para promover a campanha educativa de combate ao assédio.

Os vídeos educativos buscam alertar - tanto motoristas e entregadores parceiros, como usuários, para comportamentos que não são tolerados na plataforma da Uber, de acordo com o Código da Comunidade. Os vídeos estão sendo enviados pelo próprio aplicativo da Uber e também já estão disponíveis na página para os usuários em geral poderem assistir, compartilhar e conhecer um pouco mais sobre as iniciativas da Uber no enfrentamento à violência contra a mulher.

Além da intervenção no jogo de futebol, a campanha também contou com uma ação envolvendo diversos influenciadores como, por exemplo: Titi Muller, Marina Ganzarolli, Dandara Pagu, Bianca Santos e Fernanda Moreira. Em diversos posts é possível identificar diversos relatos de motoristas e usuárias que denunciam comportamentos inapropriados e que não são tolerados na plataforma da Uber.

Os vídeos utilizam a popular linguagem do futebol e das discussões de "mesa-redonda" como forma de criar paralelos com situações em viagens e entregas pelo aplicativo da Uber, ressaltando as condutas inapropriadas.

Os parceiros que assistirem todo o conteúdo vão receber o selo "Viagem de Respeito" que ficará visível no perfil para usuários. Esse selo já faz parte do perfil de alguns motoristas que escutaram todos os episódios do Podcast de Respeito, podcast educativo sobre violência de gênero, lançado em 2019 em conjunto com a Promundo e elaborado com base em pesquisas imersivas com motoristas parceiros. Em 2020, o conteúdo também contou com uma segunda edição abarcando, além da violência de gênero, temas como racismo e LGBTQIA+fobia.

Tags:
marketing
Compartilhe: Compartilhe no FacebookCompartilhe no TwitterCompartilhe no Linkedin

Artigos Relacionados

Redação Making Of

Comentários

Media Social

Fique por dentro

Receba novidades no seu e-mail!