18.2 C
fpolis
18.5 C
fpolis
sábado, 25 junho, 2022

Uma agência de modelos fora dos moldes

Últimas notícias

A Gas Models Floripa, que tem sede no Multi Open Shopping, completou um ano de sucesso e chama a atenção pela diversidade dos profissionais que trabalha. Dos sócios Andrea Damiani e Dangelo Peixer (foto de capa), a agência atua com modelos tradicionais e também com pessoas fora dos padrões estéticos e de beleza do mercado da moda e publicidade – dentro desta tendência de maior inclusão.

A celebração aconteceu no Art´s Gastronomia e reuniu, além de modelos nacionais e internacionais, influenciadores digitais, imprensa e convidados especiais.

Dangelo e Andrea celebrando o primeiro ano da Gas Models Floripa com as tops Carol Koerich e Stefani Brietzing, à esquerda – que têm carreira no Brasil e exterior, além de Duda Fagundes, Gisele Layuri, Stefany Hartwing (também com carreira internacional e nacional), Joyce Mates, Victoria Leschinsky (que saiu escondida na foto rs), e com a booker Dicleia (de rosa).

A agência é fruto da fusão da AD Models (da Capital), de Andrea, e Gas Models (Joinville), de Dangelo, que seguem em busca constante por modelos com os mais diversos perfis. “As marcas estão cada vez mais priorizando pessoas reais, que não estão necessariamente dentro do padrão de beleza do setor, mas que têm personalidade, atitude, história e representam a diversidade do Brasil”, afirma Andrea.

O CEO do Centro de Inovação Albatroz, Marcio Silvado, também foi prestigiar o aniversário da agência, que é parceira e tem projetos em comum.

Segundo Dangelo, a abertura do mercado nesse sentido de inclusão iniciou há cerca de 15 anos com o plus size e hoje se estendeu para outros tipos de beleza. “O mercado publicitário brasileiro mudou bastante. É muito moderno e suscetível a renovações e gosta da beleza diferente. E isso acabou influenciando o setor de moda. É algo que começou e não terá mais fim”, afirma.

Eu e a jornalista Roberta Sandreski, da Amplocom, também fomos parabenizar Andrea Damiani no evento de um ano da Gas Models.

Já na área de modelos fashion e comerciais, o casting da agência conta com profissionais que fazem sucesso no Brasil e no exterior e já estamparam campanhas de importantes marcas. Entre eles estão Angélica Erthal, Stefani Brietzig e Diego Miguel (que já foi considerado um dos 50 modelos mais sexys do mundo), entre muitos outros.

New Faces – os modelos, Pedro Damiani e Suzana Martinelli, são algumas das novas apostas da Gas Model.

No casting da agência vários nomes figuram dentro do conceito de diversidade. Entre eles, portadores de cicatrizes, doenças ou deficiências, como cego, cadeirante, com próteses, vitiligo, entre outros. Há também profissionais trans, plus, sênior e de diversas etnias (indígenas, asiáticos, afrodescendentes) – tudo em sintonia com as tendências atuais do mercado.

Da direita p esquerda: Felipe Valim, fotógrafo, Nina Hoffmann (styling), Layanne Rezende (maquiadora), Jorge Daux (fotógrafo), Carol Barragana, (artista plástica e modelo da Gas Models) e Joy Bror.

A Gas Models Floripa – que está entre as três maiores agências do Sul do país – também atua com modelos comerciais e fashion: prepara e faz o encaminhamento para o mercado. Inclusive viabiliza seletivas com agentes internacionais na sede da própria empresa.

A colunista Rosiley Souza entre seus amigos queridos do @floripa2go, Maicon Jota e Guilherme Duarte, com a apresentadora Deia Sell também foram prestigiar o evento.

Vida longa e linda à Gas Models Floripa!

 

Alguns modelos diversidade da agência

Alessandra Maria dos Santos, 38 anos, indígena – Natural de Pernambuco e pertencente à tribo pankararu, é moradora do bairro Tapera. Trabalha como faxineira e babá, tem três filhos e um neto. Por meio de uma foto feita por uma fotógrafa profissional, foi parar nas redes sociais e chamou a atenção da Gas Models Floripa. O primeiro trabalho seria em São Paulo, para a Sephora, marca francesa de produtos de beleza. Mas devido à pandemia, a campanha foi temporariamente adiada.

Ceres Azevedo, 61 anos, modelo sênior – A influenciadora e colunista se destaca pela beleza e todo charme da idade madura, com muito carisma, autenticidade e espontaneidade. Possui perfil moderno, de bem com a vida, com ótimo astral, características que muitas empresas buscam para associar a sua marca.

 Maria Claudia de Sousa, 43 anos, cadeirante – Natural do Maranhão e moradora de Florianópolis, é portadora de deficiência desde os dois anos, devido à poliomielite. Já segue a carreira de modelo, sendo que atuou em outras agências anteriormente.

Derek Rabel, 29 anos, cego – Morador do Campeche, é palestrante, escritor, surfista de grandes ondas e participa de um programa no Canal Off.

Diego Kydo, de 32 anos, portador de vitiligo – Morador de São José, convive com a doença desde 2016. Foi descoberto nas redes sociais por Andrea Damiani. Recentemente foi contratado para uma campanha da Motorola.

Giulia Dias, 22 anos, portadora de cicatriz – A jovem tem uma beleza marcante e como característica física uma cicatriz no rosto, resultante de um acidente de carro sofrido na infância. Já estampou uma importante campanha da Avon e atualmente faz mais trabalhos em São Paulo.

Sofia Inler, de 19 anos, oriental – Com uma delicada beleza oriental (ela é filha de mãe taiwanesa e pai descendente de alemães), vem sendo requisitada por grandes marcas justamente pelo seu perfil diferenciado. Inclusive já estrelou, por exemplo, a campanha do projeto Cidades Invisíveis, junto com a atriz Thaila Ayala.

 

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa e Santa Catarina: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Primeiro livro sobre dança contemporânea voltado para crianças em SC

Não é possível medir com exatidão os resultados de um projeto cultural porque há sempre uma imensidão entre os...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }