21 C
fpolis
20.6 C
fpolis
quinta-feira, 26 maio, 2022

Uma conversa que não teve definição

Últimas notícias
Uma conversa que não teve definição
DIVULGAÇÃO

O governador Carlos Moisés conversou, nesta sexta (17), com a presidente estadual do Avante, Terezinha Nascimento, e o vice-presidente da sigla, Paulinho Severo, além do marido da professora, Segundo Naito.

O assunto foi o momento político e Terezinha salientou, o que havia dito à coluna, que, independentemente, da filiação, o partido estará em uma eventual candidatura à reeleição.

Terezinha também afirmou que não há confirmação da chegada de Moisés ao partido, tampouco há condições, neste momento, de se fazer qualquer previsão sobre a possibilidade.  

Depois que a coluna divulgou ser o Avante o destino secreto do governador, muitos políticos, inclusive do PSDB, tentaram alertar Moisés sobre os riscos de disputar a eleição de 2022 em uma sigla de pequeno porte e as dificuldades que o movimento traria às composições.

 

Será?

Nos meios políticos é dada como certa a decisão do prefeito João Rodrigues, de Chapecó, de anunciar, na semana que vem, a desistência da pré-candidatura a governador pelo PSD, disputa que mantinha com o ex-governador Raimundo Colombo e com o ex-prefeito Napoelão Bernardes, de Blumenau.

Especula-se que João tomaria uma posição de apoiar Carlos Moisés e levaria uma parte de apoiadores dentro do partido.

 

E aí!

Mais uma manifestação favorável a Moisés nada significará se ele não apressar a filiação a uma sigla de maior porte, basta escolher entre MDB, PP ou PSDB.

O problema é que esperar para que os partidos se manifestem tem sido omaior equívoco do governador e lembra outros tantos que acreditam que precisam ser entronizados e não buscam alianças.   

 

Condenado voltará ao RS

O juiz José Adilson Bittencourt Junior, da Comarca de Tijucas determinou que Mauro Londero Hoffmann, um dos condenados pelas mortes na boate kiss, seja transferido para o Rio Grande do Sul, no prazo máximo de cinco dias.

A defesa de Hoffmann, que se entregou à Polícia Civil catarinense há dois dias, havia alegado que ele reside bombinhas, litoral norte catarinense, com a mulher e a filha, e deveria cumprir pena no Presídio Regional de Tijucas, sede da Comarca.

O ex-sócio da casa noturna de Santa Maria, no Rio Grande do Sul, foi condenado a 19 anos e seis meses junto com outras três pessoas pela morte de 242 pessoas, há oito anos,em um incêndio que chocou o país.

 

REPRODUÇÃO/YOUTUBE/OAB-SC

TRANSPARÊNCIA E AGILIDADE

Doutor em direito, Marcos Fey Probst foi o mais votado pela advocacia catarinense à lista sêxtúpla do quinto costitucional à vaga da OAB no Tribunal de Jutiça, em substituição ao desembargador João Batista Góes Ulysséa, recentemente falecido, aposentado por invalidez. A votação foi finalizada às 19h, desta sexta (17), e, logo depois, na sala do Conselho da Ordem, era anunciado a resultado. Após passar pela homologação do conselho,alista seguirá ao Pleno do Tribunal de Justiça para a votação que indicará os três nomes que serão enviados ao governador Carlos Moisés. No resultado, a grande diferença dos votos deve ter repercussão entre os magistrados da mais alta corte. Veja a lista com os respectivos escolhidos e a votação de cada um.

Roberto Azevedo
Roberto Azevedo tem 37 anos de profissão. Estudou jornalismo na UFSC, de Florianópolis, e direito na FURB, de Blumenau. Foi repórter, editor, chefe de Reportagem, chefe de Redação, editor-chefe, gerente e diretor de Jornalismo, na RBS TV de Blumenau e Florianópolis, na TV Record de Florianópolis, na Rede TV Sul! e na TVBV (Barriga Verde, BAND); comentarista na RIC TV Record e na Record News, e colunista no Diário Catarinense (onde também foi editor de Política) e no Notícias do Dia, tendo blogs nas versões digitais das edições. Atuou nas rádios União de Blumenau e União FM de Florianópolis, e na Rádio Record da Capital catarinense. Além de ter uma coluna no Portal Making Of, desde setembro de 2016, faz comentários sobre política e economia na Rádio Cidade em Dia FM, de Criciúma, e na TVBV (BAND), de Florianópolis.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Moda de politizar tudo

1 – Moda de politizar tudo Algumas campanhas dos politicamente corretos confrontam culturas religiosas, mas Inter, Grêmio e Avaí irão...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }