17.3 C
fpolis
17.3 C
fpolis
terça-feira, 16 agosto, 2022

VAR automático, chega e sai gente e como gastam

Últimas notícias

1 – A cultura da insegurança

O Figueirense precisa de dois ou três jogadores para chegar à Série B. Li na segunda-feira e, o que intriga, são as sugestões que nunca indicam um número exato: ou dois, ou três? Por que a dúvida? Quem recomenda deve ser um especialista. No dia seguinte, na presença de uma multidão no estádio, os dirigentes anunciaram novos jogadores, entre eles dois goleiros. Penso que o Wilson foi um goleiro importante e o time não chegou até aqui por ordem Divina. Os anos dourados sob a liderança de PPP que lotam o estádio Orlando Scarpelli estão voltando. A tendência é que o número de 15 mil aumente gradativamente a cada jogo, o que irá alimentando e elevando a confiança dos jogadores, torcedores e dirigentes.

2 – Emoções e ilusões

Não há resultado, em um jogo de futebol, para despertar emoções como um 3 a 2; quando o time inicia perdendo, empata e vira o placar, deixando em seguida o adversário empatar e no final, os torcedores se levantam felizes pelas emoções do terceiro gol. O final com vitória é indescritível, só quem senta ou sentou numa arquibancada, sabe o significado da palavra. O que espanta é que no dia seguinte se deixam levar, acreditando que com esse “time” o clube não chegue a alcançar a Segunda Divisão: o objetivo. Então os pessimistas começam a propagar e alimentar as dúvidas. Exigindo a contratação de jogadores, gerando dúvidas que destroem o sacrifício de jogar, quando deveriam desfrutar. O individualista age assim.

3 – Goleiros

Não estão contentes com Wilson? Faltam oito jogos e desperdiçam dinheiro contratando dois goleiros. Sou do tempo de que goleiro se fazia em casa, recordando Edson Bastos e Tiago Volpi. O Figueirense não precisa de mais goleiros e com mais de 30 anos para disputar um quadrangular da segunda fase do brasileiro da Série C e, muito menos a Copa Santa Catarina. Um terceiro goleiro deve ser juvenil.

Reprodução

4 – Estádio municipal

A ampliação do campo de futebol, localizado na praça do loteamento do Orlando Scarpelli, foi realizada em 1973, por ordem do governador Colombo Sales e os engenheiros responsáveis foram: – Caloca Moritz e Joel Niebuhr, esse cunhado do Cacau de Menezes. A ampliação partiu das sociais, erguida no barranco e com a adaptação do projeto de construção do estádio Estadual, que deveria ter sido erguido no Pasto do Gado: hoje Monte Verde e Chico Mendes. Na primeira obra foram usados modulares de ferro e madeira como assento, na segunda, estruturas pró moldadas da Cassol. Quem tiver dúvidas consulte o Joel Niebuhr no shopping Beiramar, no café localizado no térreo, que costuma frequentar ou visitar o Caloca Moritz em Camboriú, não confundir Balneário Camboriú, onde é secretário da prefeitura. No final deram o nome do estádio ao dono do loteamento: Orlando Scarpelli e não a Thomaz Chávez Cabral que enterrou a primeira grama e pedra do novo estádio do Figueira.

Reprodução

5 – Zequinha do Passo da Areia

Assim é tratado o São José F. C. em POA. Fiquei intrigado com a presença do time gaúcho no domingo, dia 31 de julho, quando jogou contra o Figueirense, pela terceira divisão do brasileiro. É que: o Vasco levou 19 mil pessoas ao estádio do Criciúma; o Flamengo atraiu 17.5 mil à Ressacada; no jogo Avaí x Palmeiras foram 15.2 mil torcedores e o Cruzeiro arrastou um público de 15.2 mil em Criciúma. Queria saber como é que o São José, conhecido em Porto Alegre como Zequinha do Passo da Areia, atraiu 15.8 mil pessoas ao Estádio Orlando Scarpelli. Vasco, Flamengo, Palmeiras e Cruzeiro atraem multidões por onde jogam, mas o Zequinha?

6 – Sobre pênalti

Ainda fico com a definição antiga de que se apita um pênalti quando: foi “mão na bola” (jogador usa a mão ou bravo para deter, desviar ou parar a bola) e não se apita quando é ou foi “bola na mão” (quando a bola bate na mão ou no braço do jogador acidentalmente). Não pode haver dolo sem a intenção. Cada “cabeça” de árbitro deve interpretar as “faltas” de acordo com a regra para haver justiça. O texto novo diz o seguinte: “há três tipos de infrações: toques deliberados com o braço/mão na bola, toques no braço/mão quando o jogador os usa para aumentar o volume do corpo em movimento antinatural e gols marcados deliberado ou acidentalmente quando a bola bate na mão ou braço”. “Com relação ao gol de Arrascaeta contra o Corinthians, na terça-feira dia 2/8, a regra não considera infração quando ocorre toque acidental antes da bola chegar ao “marcador” do tento.” Decisão interpretativa e política, não acham?

7 – Perdeu tudo

Por dívida contraída por ex-presidentes, que gastaram mais do que faturaram com o futebol, o Atlético Mineiro vendeu o que tinha de propriedade no shopping Diamond para a Multiplan, que havia comprado anteriormente 50,1% e agora adquiriu os 49,9% restante, pagando o preço de um jogador no exterior: R$ 340 milhões. O Atlético Mineiro segue os passos do Cruzeiro.

8 – Copa Libertadores

Nos primeiros jogos das quartas de final, realizados terça e quarta-feira, o Flamengo venceu o Corinthians por 2 a 0, em São Paulo e, o Palmeiras empatou com o Atlético Mineiro em 2 a 2, no Mineirão. Na Argentina o Velles 3 x 2 Talleres, em Bueno Aires e faltam jogar Athletico x Independente.

9 – Pela Série B

Em São Januário, no Rio de Janeiro, empatou: Vasco 0 x 0 Chapecoense e no Recife: Sport 1 x 1 Criciúma.

10 – Sai e entra no Avaí

Há quem determine quais jogadores têm nível de jogar na primeira divisão e quem é discriminado está sendo colocado em outros clubes que disputam campeonatos tão exigentes com a Série A. Assim Copete (Bahia), Vinicius Jaú (Ituano), Matheus Ribeiro (Vasco) e Lucas Falcão (Bahia).

Reprodução

No Figueirense, o contrário: estão chegando. O volante Moacir (do Vila Nova), o goleiro João Guilherme (do Avenida), o zagueiro Fernando e meia Robinho (do Cascavel) já estão no clube.

11 – Impedimento automático

A Supercopa da Europa que será disputada no dia 10 de agosto em Helsinki entre o Real Madrid e Eintracht deverá estrear o suporte eletrônico que marcará o impedimento de forma semiautomático (SAOT). A nova forma revolucionária esclarecerá as posições dos jogadores, aprovada pela International Board, depois de ser testado em torneios juvenis e Mundial de Clubes. O SAOT também será utilizado na Champions League a partir da fase de grupos nesta nova temporada. Aqui

12 – Áudio do VAR

A divulgação será obrigatória na Premier League, que começa neste final de semana, para facilitar a transparência e evitar polêmicas, também será obrigada a emitir as imagens e as conversas que os colegiados tenham com seus colegas na sala do VAR. É uma prática entendida a outros desportes, e também em outras ligas, como na MLS. Aqui

13 – Copa de 1962

O time campeão do mundo em 1958: Feola, Djalma Santos, Zito, Beline, Newton Santos e Gilmar. Agachados: Garrincha, Didi, Pelé, Vavá, Zagalo e Paulo Amaral. – Reprodução

Nesta foto Beline deu lugar a Mauro, Orlando a Zózimo e Pelé machucado foi substituído por Amarildo. A estrela do Mundial do Chile foi Garrincha. No jogo contra a seleção da Espanha, Newton Santos deu um passo à frente e, o árbitro deixou passar um pênalti. O mundial do rádio, das radiofotos, das imagens no Canal 100 e dos jornais. A televisão no Brasil engatinhava. Houve festa na Praça XV, uma “bomba” caiu no meu pé e no outro dia, antes da marcha da manhã, no 14’ Batalhão de Caçadores formava o pelotão da Cia calçando: em um pé uma bota e no outro um chinelo de dedo. Não posso repetir o que o sargento Souza Junior (narrador de futebol na rádio Anita Garibaldi) me disse. Naquele tempo um sargento podia dizer o que quisesse a um soldado.

Fim.

Paulo Brito
Paulo Brito nasceu em Florianópolis, graduou-se em jornalismo na PUC RS em 1972, mas desde 1971 exerce o ofício de comentarista esportivo, tendo trabalhado em jornais, rádios e televisões nas praças de POA, SP, BCN e FLN. Foi professor do IEE: - Instituto Estadual de Educação e no Colégio Catarinense, profissão que o levou a UFSC: - Universidade Federal de Santa Catarina onde permaneceu até 1998. Foi membro da Comissão que criou o Curso de Jornalismo na Federal de SC.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Globo é indicada ao Emmy Internacional de Jornalismo 2022

A Globo foi indicada nesta terça-feira, 16, ao prêmio Emmy Internacional de Jornalismo 2022, considerado o Oscar da TV....
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }