Portal Making Of

Bolsonaro confirma que está com joias doadas pela Arábia Saudita

O ex-presidente Jair Bolsonaro afirmou à CNN Brasil nesta quarta-feira, 8, que foi incorporado ao acervo privado parte das joias que teriam sido enviadas pelo governo da Arábia Saudita como presente, em outubro de 2021.

“Não teve nenhuma ilegalidade. Segui a lei, como sempre fiz”, disse à CNN.

O conjunto é composto por um relógio com pulseira em couro, par de abotoaduras, caneta rosa gold, anel e um masbaha (espécie de rosário islâmico) rosa gold – todos os itens pertencem à marca de luxo suíça Chopard – estimados em ao menos R$ 400 mil, de acordo com o jornal “O Estado de S. Paulo”.

Trata-se de um segundo pacote de joias. Uma outra remessa de joias, um suposto presente para Michelle Bolsonaro (PL), avaliado em R$ 16,5 milhões, foi retida na Alfândega do Aeroporto de Guarulhos, em São Paulo.

Ao ser questionado sobre esses outros presentes enviados também em 2021 pelo príncipe Mohammed bin Salman Al Saud, Jair Bolsonaro voltou a negar que tivesse conhecimento.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.