Portal Making Of

Bolsonaro perde 93% do engajamento na internet

Reprodução

O presidente Jair Bolsonaro (PL) teve uma queda de 93% em suas interações nas redes sociais desde a derrota nas eleições em 30 de outubro, de acordo com levantamento da consultoria Bites, divulgado pelo jornal O Globo.

De acordo com o levantamento, a média diária de curtidas, compartilhamentos e comentários no Twitter, Instagram e Facebook era de 7,6 milhões em outubro e passou a 487,7 mil.

Ontem, 29, o presidente postou uma foto, sem legenda. A publicação anterior no Twitter e Facebook, por exemplo, havia sido no dia 16.

Em outubro, levando-se em consideração também YouTube e TikTok, a base de seguidores havia crescido 12,7% (6,8 milhões de perfis a mais no conjunto).  Com a ausência do presidente na internet, em novembro, a subida foi de 6%, o equivalente a 3,6 milhões de seguidores.

O presidente também reduziu as aparições públicas, conversas com apoiadores  no cercadinho do Alvorada e as lives semanais deixaram de ser transmitidas.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.