Portal Making Of

Campanha Acorda Cinderela alerta população sobre crimes com drogas de estupro

Do já conhecido boa noite Cinderela, em que drogas são colocadas em bebidas de outra pessoa, até a mais nova modalidade de intoxicação por gás em carros de aplicativos, mulheres e homens sofrem com o aumento de crimes e criminosos que utilizam drogas para levá-los à inconsciência com o objetivo de praticar atos como roubo, sequestro e estupro.

Para alertar a população, o Movimento Acorda Cinderela criou vídeos e cartilhas educativos com informações sobre como se proteger e se prevenir de drogas adicionadas à bebidas e do gás tóxico em carros de aplicativos. Além disso, disponibiliza materiais de apoio e acolhimento para aqueles que foram vítimas de crimes com drogas de estupro.

A campanha também divulga um manifesto que solicita mudanças importantes para a diminuição desses crimes no Brasil, que pode ser acessado e assinado pela população em https://www.acordacinderela.com.br/assine-o-manifesto.

“Para mudar o cenário de aumento de crimes por drogas de estupro no Brasil, precisamos que algumas medidas sejam tomadas”, afirma Carolina Cohen, cofundadora da Colabore com o Futuro. “Informação é o primeiro passo para prevenção. Desta forma, os bares e casas noturnas também podem ajudar na prevenção desses crimes”.

O movimento sugere que placas informem e previnam sobre esse tipo de golpe em locais que servem bebidas alcoólicas, com opção para que os drinks sejam servidos com copos com tampas, para quem solicitar. Outra medida proposta é que medicamentos usados em golpes como estes tenham cor, gosto e cheiro. As drogas de estupro em geral são transparentes, inodoras e não tem gosto. Isso faz com que a vítima as ingira sem perceber que uma droga foi adicionada à bebida.

https://www.youtube.com/watch?v=873F2NhVH8w&t=5s

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais

Destaques da semana no Portal Making Of

Selecionamos aqui os destaques da semana na Making Of. Confira abaixo uma pequena descrição de cada uma e o link para você acessá-la. Claiton Selistre