Portal Making Of

Diretor da Record News é demitido após acusação de assédio

A Record demitiu na última quarta-feira, 29, o jornalista Thiago Feitosa, que era diretor de jornalismo da Record News desde fevereiro de 2020. O comunicador estava desde 2009 na emissora.

O desligamento de Feitosa aconteceu por conta das denúncias feitas pela ex-apresentadora da emissora, Rhiza Castro, que vieram a público no mês passado. A jornalista entrou com duas ações na Justiça contra a Record  por conta de assédios sexuais feitos por Thiago enquanto trabalhava no canal em 2022.

Castro disse que recebia mensagens com elogios a sua beleza, e fotos do seu trabalho na redação. O diretor chegou a dar um vinho para a âncora de 32 anos. Como não teve sucesso em suas investidas, a comunicadora perdeu espaço na TV.

A denuncia formal foi feita em janeiro deste ano no RH do grupo Record. Apesar do relato, a emissora manteve Thiago e ainda demitiu Rhiza dois dias depois após a queixa, sob o pretexto de “corte de custos”.

“Sofri assédio sexual do meu diretor por quase um ano. No final, eu sofri retaliações porque, obviamente, não cedi… Eu não aguentava mais e decidi fazer a denúncia no RH da empresa. Eu até sabia que isso [a demissão] poderia acontecer, mas eu realmente tinha esperança de que a empresa fosse séria e que zelasse pelo bem-estar dos colaboradores”, relatou a ex-apresentadora do Esporte Record News.

De acordo com o F5 da Folha de S. Paulo, a Record optou pela demissão de Thiago Feitosa por dois motivos. O primeiro foi por uma condenação em primeira instância de um dos processos movidos por Rhiza, este na esfera trabalhista, que determinou um pagamento de uma indenização milionária para ela.

O outro foi a ação na parte criminal. A emissora do bispo Edir Macedo comprovou que o jornalista pagou R$ 26 mil após fechar um acordo de transação penal com o Ministério Público de São Paulo.

*Texto com informações do F5 da Folha de S. Paulo e do Terra Entretê

 

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.