Portal Making Of

Elon Musk nega aumento de discurso de ódio no Twitter

O bilionário Elon Musk, dono do Twitter, nega que haja um aumento do discurso de ódio e desinformação na plataforma. A declaração foi dada por ele em entrevista à rede britânica BBC, realizada na sede da empresa, em São Francisco.

“Há menos [discurso de ódio no Twitter] nestes dias porque eliminamos muitas contas robô. Não temos mais tantas [contas falsas] como tínhamos antes, porque eu tenho dado muita atenção a isso”, disse. Musk não apresentou nenhum dado ou pesquisa que comprovasse a fala.

A afirmação ocorre um dia após representantes da rede social causarem indignação em membros do Governo Federal em uma reunião ontem, 11, após negarem achar que um perfil com foto de assassinos de crianças (perpetradores de massacres em escolas) violasse os termos de uso.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.