Portal Making Of

Equipe de transição de Lula tem primeiros nomes confirmados

A equipe de transição do presidente eleito Luiz Inácio Lula da Silva (PT) já tem os primeiros nomes formalizados. O petista terá direito a um gabinete com 50 integrantes para planejar o governo, além de representantes do conselho dos partidos coligados.

O vice-presidente eleito e coordenador da transição, Geraldo Alckmin (PSB), confirmou na manhã desta terça-feira que Simone Tebet, que disputou a eleição presidencial e apoiou Lula no segundo turno, participará do grupo na área de desenvolvimento social. Ela se reuniu com o vice-presidente eleito Geraldo Alckmin (PSB) nesta terça. A senadora afirmou, então, que gostaria de trabalhar com temas ligados à assistência social.

Segundo as informações da Folha de São Paulo, a equipe de transição deverá ter até cinco grandes comissões, que serão subdivididas em grupos menores. O setor que tratará de economia deve ter quatro nomes principais, entre eles os economistas Persio Arida e André Lara Resende. Além deles, o economista Guilherme Mello, professor da Unicamp e ligado ao PT, também fará parte da equipe. O quarto nome ainda está em definição.

No desenho já definido da transição, a socióloga Rosângela da Silva, a Janja, esposa do petista, deverá atuar na organização da cerimônia de posse. Aloizio Mercadante deve coordenar esses núcleos de discussão temática. A deputada Gleisi Hoffmann (PT-PR) deverá coordenar as relações institucionais da transição.

Todos os nomes da transição já foram escolhidos por Lula e Alckmin. O deputado eleito Guilherme Boulos (Psol-SP) e o presidente do Psol, Juliano Medeiros, ocuparão a vaga do partido e o posto designado para a federação Psol-Rede. O porta-voz Wesley Diógenes representará a Rede.

Todos os nomes da transição já foram escolhidos por Lula e Alckmin. O vice-presidente eleito planeja dar entrevista nesta terça, às 15h30, onde deverão ser anunciados outros nomes.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.