Portal Making Of

Florianópolis registra 37°C à sombra, com desconforto térmico de 43°C

Reprodução/Twitter/@carlaayres

Nesta segunda-feira, 12, a condição pré-frontal (que antecede a chegada de uma frente fria) foi responsável pelas altas temperaturas no Litoral e Vale do Itajaí, com valores de 35°C a 38°C. As máximas de 37°C em Florianópolis e 38°C em Antônio Carlos, e Criciúma, foram as maiores da primavera.

A temperatura oficial é medida à sombra, nos termômetros de rua, expostos ao sol e asfalto, a temperatura fica ainda mais alta.

No Extremo Oeste e Oeste, regiões que normalmente registram altas temperaturas, hoje foi diferente porque as nuvens e a chuva chegaram mais cedo, com previsão de atingir todo o Estado com temporais localizados na tarde e noite.

O desconforto térmico (temperatura sentida) é calculado pelo índice de calor, que combina a temperatura aparente do ar e a umidade relativa do ar, e pode ser calculado para a sua cidade no link (Índice de calor).

Em Florianópolis, Antônio Carlos e Criciúma, o desconforto térmico foi de 43°C. Em Joinville com a umidade do ar mais elevada, o desconforto térmico chegou a 48/49°C.

As informação são dos meteorologistas da Epagri/Ciram, Gilsânia Cruz e Clóvis Corrêa.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.