Portal Making Of

Florianópolis sedia evento internacional apoiado pela Udesc Cefid sobre neuromecânica aplicada em avaliações físicas

Foto: Ricardo Wolffenbüttel / SECOM

A Universidade do Estado de Santa Catarina (Udesc), por meio do Centro de Ciências da Saúde e do Esporte (Cefid), é uma das instituições apoiadoras do 14º Simpósio em Neuromecânica Aplicada (SNA), que ocorrerá entre 23 e 25 de outubro, em Florianópolis, com o tema “Desvendando a função neuromecânica através de avaliações musculares e de desempenho”. Além disso, haverá a realização de um evento-satélite, o 1º Fórum Integrado sobre Especializações em Biomecânica no Brasil, em 26 de outubro.

A organização do simpósio e do fórum conta com a diretora de Pesquisa e Pós-Graduação da Udesc Cefid, professora Caroline Ruschel, como subcoordenadora de evento. A coordenação está sob responsabilidade da professora Heiliane de Brito Fontana, da Universidade Federal de Santa Catarina (Ufsc), enquanto o presidente da comissão científica é o professor Walter Herzog, da Universidade de Calgary, no Canadá. Confira a programação completa.

“Teremos palestras e mesas-redondas com convidados nacionais e de países como Alemanha, Canadá e Dinamarca. Outras atividades previstas são oficinas e sessões de apresentação oral e de pôsteres das recentes pesquisas desenvolvidas pelos participantes, assim como ‘mentoring sessions’, que promovem a interação entre estudantes e pesquisadores de destaque”, explica Caroline.

As inscrições para participar do evento e para submeter trabalhos científicos já estão abertas no site oficial dos eventos. Mais informações podem ser obtidas pelo perfil no Instagram do Grupo de Pesquisas e Análises em Biomecânica do Sistema Musculoesquelético (Bsim), da Ufsc.

* O texto é da SECOM

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Leia mais

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do