Portal Making Of

Festival Choro Mulheril celebra a música popular urbana!

Foto: Larissa Trentini

Mais que uma roda, o Choro Mulheril é um movimento que incentiva o protagonismo feminino na música popular urbana mais antiga do Brasil. Para celebrar o sucesso crescente do coletivo, que se apresenta todo sábado no calçadão da Rua Victor Meirelles, no Centro Histórico de Floripa, este mês acontece a primeira edição do Festival Choro Mulheril, que começou nesta terça (18/06 ) e prossegue até o próxima dia 23 (domingo), com ações de ensino, formação, apresentações dos estudantes e shows de artistas locais e de grandes nomes nacionais, como de Nilze Carvalho.

A bandolinista e compositora carioca, reconhecida internacionalmente por sua carreira na música popular brasileira, toca no palco principal com as professoras do festival no dia 21/06, sexta-feira, às 20h, na Bugio Centro. “Estou muito feliz em poder estar neste evento que mostra como temos mulheres potentes, profissionais e excelentes musicistas na cena instrumental brasileira. Um protagonismo que conquistamos e ainda temos mais para conquistar. Tô chegando, Floripa! Tô chegando, Mulheril! Vamos fazer um som lindo juntas e vai ser bom demais!”, celebra a artista.

Segundo Carol Cantelli, produtora do festival e flautista do movimento, “o grande diferencial está em promover um evento de Choro desse tamanho, onde todo o protagonismo é feminino”.  Dividida entre os palcos da Bugio Centro e Bugio Trindade, a programação também inclui o lançamento do documentário “Choro Mulheril: Formação Musical na Linguagem do Choro para Mulheres e Diversidades de Gênero”, de Luiza Pimenta, e rodas de conversa e rodas de chorinho abertas a toda comunidade. O evento é aberto ao público e a entrada é franca.  O festival se divide entre  a  Bugio Centro e Bugio Trindade  e mais informações: https://www.instagram.com/rodadechoromulheril/  .

____________________________________________________

OS PAPAGAIOS E OS INDÍGENAS 

Guilherme Carlini Piazera (Foto: Divulgação)

A publicação ”Alto Vale do Itajaí – o Vale dos Papagaios”, que será lançada nesta quinta, dia 20 de junho, tem a intenção de mostrar o caminho que o imigrante alemão Francisco Frankenberger fez na região, principalmente na cidade de Laurentino, e destacar a influência dos povos indígenas, em especial os kaingangs e os xoklengs.

“Além de morar próximo ao rio onde era visitado frequentemente pelos barulhentos papagaios, Frankenberger decidiu escrever um diário entre os anos 1890 e 1900, revelando a sua vida descontraída na nova colônia, deixando para trás o frio e o pensamento alemão”, destaca Guilherme Carlini Piazera, que assina junto do engenheiro Juarez Inácio de Oliveira e da bióloga Taciane Lippel, a obra.

Piazera explica que para mostrar as belezas da região, o livro traz ilustrações, assinadas por ele, do rio Itajaí-Açú e dos afluentes que formam a região do Alto Vale do Itajaí, que foram baseadas em fotografias da bióloga e educadora ambiental Taciane Lippel.

A publicação independente é fruto de uma parceria entre Associação Ambientalista Pimentão e a Universidade Para o Desenvolvimento do Alto Vale do Itajaí (Unidavi). O lançamento será a partir das 19 h e a  Fundação Cultural BADESC fica na Rua Visconde de Ouro Preto, 216, no Centro de Florianópolis.

____________________________________________________

ATRAÇÃO NAS ÁGUAS DE FLORIPA

O Kattamaram IV, construído no estaleiro de Navegantes/SC,  chegou à Baía Norte em Florianópolis  no último final de semana e teve festa de inauguração. A embarcação, com três andares e capacidade para 450 pessoas, navegará na Beira-Mar Norte, passando pelas ilhas de Ratones Grandes e pelas Pontes Pedro Ivo e Hercílio Luz,

Este é o segundo empreendimento da empresa paranaense Três Fronteiras Navegação e Turismo, que busca fortalecer o turismo em Santa Catarina, oferecendo mais opções de passeios e atrativos turísticos na Ilha da Magia. “Nosso objetivo é oferecer mais opções de passeios para atrair turistas e impulsionar a economia, além de gerar empregos e rendas para a população local”, anuncia o diretor geral do Grupo Macuco, Ademir Fernandes.

A embarcação  conta três andares, restaurantes, decks, bares, cozinha, banheiros e uma sala de emergência. A construção da embarcação durou um ano e meio e foi  feita no estaleiro da empresa em Navegantes.  Mais informações em https://www.catamarafloripa.com.br

____________________________________________________

FEIRA BEM CASADOS

Foto: Grasi Mohr

A Feira Bem Casados, o maior evento wedding de Santa Catarina, acontece de 21 a 23 de junho,  de sexta a domingo, no Parque da Efapi, em Chapecó. Destinada a noivos, debutantes, formandos e organizadores de eventos, a feira oferece oportunidade única para conhecer os melhores fornecedores do setor e fechar negócios com condições especiais.

O evento ocupará uma área de 2.000 metros quadrados, onde mais de 150 marcas estarão presentes, prontas para ajudar a tornar qualquer evento inesquecível. A programação inclui desfiles de noivos e noivas, apresentando as últimas tendências em moda e estilo para casamentos.

Branca Rubas, organizadora da Bem Casados, destaca a expectativa positiva para esta edição: “Estamos muito empolgados com a edição deste ano e nossa expectativa é a melhor possível! Esperamos receber cerca de 4 mil visitantes ao longo dos três dias de evento e promover muitos fechamentos de negócios entre os noivos e os fornecedores. A feira é uma oportunidade única para os casais conhecerem as melhores opções do mercado e encontrarem tudo o que precisam para tornar o casamento dos sonhos em realidade”. Os interessados podem adquirir seus passaportes para os três dias de feira no site oficial:  feirabemcasados.com.br .

____________________________________________________

SHOW DO BOCA LIVRE EM FLORIANÓPOLIS TERÁ NOVA DATA

Foto: Leo Aversa

Os  produtores do show do Boca Livre em  Florianópolis,previsto para esta quinta-feira, 21 de junho, anunciaram o adiamento do show para março do próximo ano, em data ainda a ser definida, em razão  da agenda do Teatro Ademir Rosa (CIC) ainda não estar aberta para 2025. De acordo com os realizadores,  a  transferência foi devido ao adiamento do show que seria realizado na mesma época em Porto Alegre. Mas devido a tragédia no RS e o fechamento temporário das casas de espetáculos, e em respeito a público gaúcho, a turnê no Sul foi integralmente  transferida, uma vez que toda a estrutura de produção foi planejada para a execução de todos os shows na região.

Os ingressos já adquiridos irão valer para a próxima data e quem desejar a devolução do valor pode entrar em contato com a Diskingressos pelo telefone  41-3315-0808. O prazo máximo para solicitar a devolução é de até 30 dias após a divulgação deste comunicado.

____________________________________________________

CASA VERMELHA ESTÁ DE VOLTA!

Foto: Divulgação

O Centro Cultural Casa Vermelha é um dos mais vibrantes espaços culturais de Florianópolis, agora localizado na Caieira do Saco dos Limões. Em um espaço totalmente remodelado, a Casa Vermelha voltará a abrigar cursos e oficinas de teatro, apresentações, eventos e outras atividades culturais, movimentando a classe artística e cultural da capital catarinense.

O Centro Cultural Casa Vermelha seguirá sendo a sede do Teatro em Trâmite, grupo teatral fundado em 2003 e que desde então mantém-se em atividade constante; e d’O Bando, grupo de teatro comunitário formado por antigos alunos da Casa Vermelha, que completa oito anos em 2024. Esses grupos preparam novas montagens que devem acompanhar a retomada do espaço durante o ano de 2024, além de promover a mostra  Trâmite 20, que comemora o aniversário de duas décadas do grupo catarinense.

No novo espaço, já estão sendo oferecidas oficinas de diversas linguagens artísticas para crianças e adolescentes, todas elas gratuitas.  A Casa Vermelha irá abrigar a Biblioteca Comunitária Marco Vasques, que será um local dedicado à circulação de livros e fomento e estímulo à leitura e à literatura, entre muitas outras atividades. Informações em casavermelha.art.br .

____________________________________________________

PLATAFORMA REGISTRA EVENTOS EM SC

A Fundação Catarinense de Cultura  conta agora com uma plataforma para Cadastro de Registro de Eventos, Grupos e Pesquisas das Culturas Tradicionais de Santa Catarina. A ideia é oferecer uma ferramenta que dará visibilidade ao calendário dessas atividades e ficará disponível ao público em geral no site da FCC.

“O cadastramento vai possibilitar que nós, aqui da Fundação Catarinense de Cultura, tenhamos uma visão muito clara da existência desses grupos, de suas características. Que possamos trabalhar contando com essa informação e pensar, juntos, na cultura de nosso Estado. Sem imaginar com erro, imaginando com dados”, diz  o presidente da FCC, Rafael Nogueira. A plataforma pode ser acessada através do site da FCC  www.cultura.sc.gov.br .

____________________________________________________

Fico por aqui hoje, até a próxima semana.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais: