Portal Making Of

Com equipe própria e produção de conteúdo exclusivo sobre o setor, o portal tem atualização em tempo real e oferece ao leitor reportagens inéditas, cotações de moedas e commodities agrícolas, além de previsão do tempo detalhada. O conteúdo do Agro Estadão é grátis e acessível a assinantes e não-assinantes do jornal.

“A iniciativa reforça o compromisso do Estadão com o agronegócio e vem ao encontro da longa tradição da empresa na cobertura dos temas de interesse do produtor rural”, diz Francisco Mesquita Neto, diretor-presidente do Grupo Estado.

O agro esteve presente no jornal O Estado de S.Paulo sistematicamente desde 1918, quando foi criada a coluna semanal Assumptos Agrícolas. Em 5 de janeiro de 1955 circulou a edição número 1 do Suplemento Agrícola, um caderno em formato tabloide. Mais recentemente, em 2015, a Agência Estado lançou o Broadcast Agro, com informações em tempo real sobre o setor, além de newsletters sobre o mercado de soja e milho e outra sobre boi gordo, com a cobertura do que ocorre de mais importante dentro e fora das propriedades rurais.

O projeto Agro Estadão surge de uma parceria estratégica entre o Estadão e a Pyxys, empresa de tecnologia e marketing digital. “Estamos muito animados. O portal surge da fusão da tradição e rigor editorial do Estadão com a expertise da Pyxys em inteligência e desenvolvimento de soluções online para publishers”, afirma Andrés Bruzzone, fundador da Pyxys.

Além da produção própria, o conteúdo do Agro Estadão é enriquecido com informações do Broadcast, referência na cobertura do agronegócio no país. O leitor terá acesso a notícias, gráficos e cotações de commodities agrícolas, moedas, mercados e ações de empresas que operam no segmento Agro.

O Agro Estadão conta ainda com um time exclusivo de colunistas especializados no setor. Entre eles, o ex-ministro da Agricultura, Francisco Turra, a ex-presidente da Sociedade Rural Brasileira (SRB), Teresa Vendramini, o ex-presidente da Embrapa, Celso Moretti, o advogado e ex-Presidente dos Conselhos de Administração da Embrapa e Conab, José Carlos Vaz, o especialista em comércio e direito internacional Welber Barral, o agrônomo e consultor Tiago Fischer, e o professor e cientista Marcos Fava — conhecido como Doutor Agro.

Dada a importância da meteorologia para os produtores rurais, a previsão do tempo tem destaque no Agro Estadão. As informações serão fornecidas pela Meteoblue, empresa suíça que é referência mundial em previsões meteorológicas para o setor agrícola. Além dos dados tradicionais de temperatura, insolação e chance de chuva, o site traz diferenciais como a evaporação de água do solo e velocidade do vento -informações cruciais para o produtor rural planejar pulverizações e rotinas de irrigação em suas propriedades. Há ainda mapas meteorológicos com atualização de hora em hora com informações sobre chuvas, incidência solar, temperatura do ar e do solo, balanço hídrico e cobertura de nuvens.

“Queremos ser uma fonte de informação relevante e confiável para o produtor rural, e um canal para reverberar os dilemas e desafios do Agro brasileiro, setor cada vez mais relevante para a economia do país”, afirma Rodrigo Flores, diretor de conteúdo do Estadão.

O portal tem ainda parceria com a Markestrat, empresa de consultoria referência no mercado agropecuário brasileiro e responsável pela criação da Harven School, universidade focada na formação e qualificação de profissionais para o setor.

Segundo estimativas do Cepea (Centro de Estudos Avançados em Economia Aplicada), da Esalq/USP, em parceria com a CNA (Confederação da Agricultura e Pecuária do Brasil), o PIB do setor ficou perto de R$ 2,62 trilhões em 2023, o que corresponde a quase um quarto de toda a riqueza produzida pelo país no ano passado.

O Brasil figura entre os maiores produtores mundiais de soja, milho, cana-de-açúcar, café, entre outras culturas. Também conta com um dos maiores rebanhos bovinos do mundo.

Você pode acessar o site no link: Notícias sobre o agronegócio | Agro Estadão (estadao܂com܂br)

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *