Portal Making Of

Grupo hacker afirma ter invadido site do governo brasileiro

Um grupo hacker chamado “Everest” afirmou ter conseguido acessar dados de uma rede que chamaram de “Gov Brazil”, alusão ao governo brasileiro, e oferece em um site a venda de acesso à rede e cita “mais de 3 terabytes de dados”.

A invasão foi revelada pela empresa de detecção de ameaças digitais Darktracer, em uma postagem no Twitter ontem, 30. “Está a venda acesso à rede Gov Brasil, mais de 3 TB de dados. Para dúvidas, contate: everestransomteam@onionmail.org”, diz o site do grupo de ransomware.

A organização não indica, no entanto, quais pastas do governo do Brasil teriam sido invadidas e o tipo de dados que têm em mãos.

Em nota, divulgada pelo jornal Folha de São Paulo, o Serviço Federal de Processamento de Dados (Serpro) diz não ter detectado uma intrusão: “Sobre o rumor de roubo de dados do governo brasileiro por um grupo de crackers do exterior, o Serpro afirma que os sistemas desenvolvidos e mantidos pela empresa seguem em plena operação e não há indícios de crime cibernético em nossas bases de dados”.

Conforme a Folha, o Everest despontou no ano passado com campanhas de extorsão. Após invadirem os computadores da vítima e bloquear o seu acesso, cobram um resgate para restaurar a normalidade e um segundo montante para que os dados roubados não sejam vazados na internet.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.