Portal Making Of

Jornalista da BBC é agredido e preso pela polícia chinesa durante cobertura de protesto

Edward Lawrence, jornalista da BBC, foi agredido e preso pela polícia de Xangai, na China, durante a cobertura de protestos na noite de ontem, 28. Vídeos viralizados mostram que o momento da prisão.


Em nota, a BBC diz que Ed Lawrence foi “espancado e chutado pela polícia” durante várias horas de detenção e afirma estar extremamente preocupada com o tratamento dado ao repórter, que foi algemado ao ser detido, embora tenha credenciais para atuar no país.

A declaração da BBC diz na íntegra: “A BBC está extremamente preocupada com o tratamento de nosso jornalista Ed Lawrence, que foi preso e algemado enquanto cobria os protestos em Xangai. Ele foi detido por várias horas antes de ser liberado. Durante sua prisão, ele foi espancado e chutado pela polícia. Isso aconteceu enquanto ele trabalhava como jornalista credenciado.”

A declaração continua: “É muito preocupante que um de nossos jornalistas tenha sido atacado dessa forma no desempenho de suas funções. Não recebemos nenhuma explicação oficial ou pedido de desculpas das autoridades chinesas, além de uma alegação dos funcionários que mais tarde o libertaram de que o prenderam para seu próprio bem, caso ele pegasse Covid no meio da multidão. Não consideramos esta uma explicação credível.”

No Twitter, o jornalista compartilhou a nota da emissora e escreveu: “Uma declaração da BBC sobre o que aconteceu comigo em Xangai ontem à noite enquanto fazia meu trabalho. Eu soube que pelo menos um cidadão local foi preso depois de tentar impedir a polícia de me espancar. Muito obrigado pelas amáveis palavras e mensagens de preocupação”.

Xangai é uma das várias cidades chinesas que passam por protestos contra a política de Covid zero do regime de Xi Jinping. Os atos explodiram nos últimos dias.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.