28.3 C
fpolis
28.1 C
fpolis
quarta-feira, 31 janeiro, 2024

Mercado Livre assina acordo de naming rights do novo Pacaembu

Foto: Divulgação
Últimas notícias

O Mercado Livre segue ganhando força no esporte. Prova disso, é que a varejista irá desembolsar mais de R$ 1 bilhão pelo naming rights de todo o complexo do Pacaembu, em São Paulo.

A inauguração está prevista para junho de 2024. Há o interesse, inclusive, de receber a Copa do Mundo Feminina de 2027.

Por até 30 anos (renovável a cada cinco) o local passará a ser chamado de “Mercado Livre Arena Pacaembu”. O acordo foi anunciado na manhã desta quarta-feira, 31, pelo CEO da Meli, Fernando Yunes, e por Eduardo Barella, CEO da Allegra Pacaembu, concessionária que administra o local.

A empresa espera gerar um impacto econômico total na cidade de São Paulo de aproximadamente R$ 50 bilhões, sendo R$ 420 milhões anuais em eventos.

Envolvendo eventos, shows, ações e nas áreas públicas do espaço, a estimativa é que o Mercado Livre Arena Pacaembu receba cerca de 5 milhões de pessoas por ano.

“Representa um dos maiores investimentos que o Mercado Livre vai fazer esse ano. Não é só no estádio propriamente dito, nós também estaremos presentes em todo o complexo: ginásio, piscina olímpica, centro de tênis e camarotes. O investimento passa de R$ 1 bilhão e é um contrato de até 30 anos. É o maior contrato de naming rights da história do Brasil”, destacou Fernando Yunes.

Essa será a primeira vez que o Pacaembu negocia os direitos do nome do estádio, após o processo de concessão do estádio municipal à iniciativa privada.

O acordo envolverá todo o ecossistema do Mercado Livre, entre eles, Mercado Pago, Meli+ e Mercado Play, com a exposição da marca e identidade visual do e-commerce dentro e fora do espaço. Fruto do patrocínio, agora o complexo terá o Ginásio Mercado Livre, o Centro de convenções será o Mercado Pago Hall, o estúdio será o Mercado Play, Camarote Mercado Pago e Meli +, Centro de tênis Mercado Livre e Piscina Olímpica Mercado Livre.

“Estamos gerando 3 mil empregos diretos e indiretos. E esperamos que esse impacto seja ainda maior, gerando 160 mil empregos ao ano e gerando R$ 1,6 bilhão de impacto financeiro à cidade”, acrescentou Eduardo Barella.

O novo Pacaembu terá capacidade para 26 mil pessoas, menor do que a anterior, de aproximadamente 36 mil. O Tobogã, arquibancada que ficava atrás de um dos gols, foi demolida. No local está sendo erguido um prédio multiuso que terá hotel, centro de convenções, lojas e restaurantes. (Portal MKT Esportivo)

Mais notícias para você
Últimas notícias

Trident e Ludmilla convidam foliões a ‘destravarem’ a boca

A Trident e Ludmilla se uniram pelo segundo ano seguido para dar continuidade à campanha da marca para o...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }