18.5 C
fpolis
18.5 C
fpolis
domingo, 29 maio, 2022

Mulher negra comove ao ter medo de segurar mão de jornalista branca

Divulgação/Reprodução/Globo
Últimas notícias

Um vídeo em que uma ex-doméstica, vítima de trabalho análogo à escravidão, resgatada na Bahia, assume ter medo de segurar as mãos de uma repórter branca viralizou nas redes sociais nos últimos dias e está comovendo os internautas.

A reportagem foi exibida em 27 de abril, Dia das Trabalhadoras Domésticas, e alertou sobre as condições análogas à escravidão que muitas profissionais da área são submetidas.

Na ocasião, Madalena Silva estava sendo entrevistada pela repórter Adriana Oliveira, do Bahia Meio Dia, emissora afiliada da Globo em Salvador. Durante a conversa, a profissional se aproximou para segurar as mãos de Madalena, mas a idosa se recusou.

“Eu fico com receio de pegar na sua mão branca”, explicou a entrevistada, aos prantos. “Mas por quê? Você tem medo do quê?”, questionou a jornalista.

“Por que ver a sua mão branca… eu pego e boto a minha em cima da sua e acho feio isso”, explicou ela.

Comovida, Adriana tranquilizou a doméstica. “Sua mão é linda, sua cor é linda. Olhe para mim, aqui não tem diferença. O tom é diferente, mas você é mulher, eu sou mulher. Os mesmos direitos e o mesmo respeito que todo mundo tem comigo, tem que ter com você”, destacou a jornalista, abraçando Madalena em seguida.

Adriana Oliveira compartilhou a situação no Instagram com uma legenda de desabafo: “Me senti tão pequena, tão impotente diante da dor de Dona Madalena. Vontade de acolher e nunca mais ter notícia de monstruosidades assim”.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Jesse Koz e Shurastey serão homenageados com pintura e dog park em BC

O influenciador Jesse Koz e o cão Shurastey, que morreram em um acidente de trânsito nos Estados Unidos, na...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }