Portal Making Of

Netshoes aposta em lives no TikTok para Black November

Foto: Reprodução

A Netshoes, maior e-commerce de artigos esportivos e lifestyle do país, está focada em criar um relacionamento mais direto e emocional com seus clientes durante a Black November – Black Friday o mês inteiro.

Por isso, em parceria com a agência Cely, startup pioneira em conectar marcas e creators, desenvolveu uma campanha com 150 micro e nano-influenciadores para potencializar o impacto dessas ações no TikTok.

O movimento na rede social desde o início do mês vem sendo provocado por meio de perfis selecionados com base nos interesses do criador de conteúdo e sua afinidade com a marca. Até o dia 24, terão sido realizadas 150 lives com a estratégia de impulsionar as vendas, por meio da oferta de produtos e conteúdos interessantes, que direcionam o público para o aplicativo e site da Netshoes.

“Quando falamos a língua do cliente, criamos um laço diferenciado com ele. Nós queremos atingir um público que se conecte com a Netshoes não apenas na Black Friday, mas o ano todo e esse é o caminho”, afirma Gabriele Claudino, gerente de marketing da Netshoes. “Mais do que gerar vendas, queremos ver cada vez maior a nossa comunidade de ‘brand lovers’”.

A escolha de influenciadores de menor porte se deu por conta da abordagem mais autêntica e pessoal que esse tipo de creator consegue ter com os seguidores.

“Os micro e nano se parecem mais com a gente, vivem as mesmas dores, falam com autoridade de assuntos que também fazem parte do nosso cotidiano. Por isso nossa estratégia está baseada nesses criadores. Eles se apresentam como a melhor solução para o estágio de conversão, aumentam o potencial de recomendação e envolvimento com a marca e, eventualmente, de compra”, afirma Waleska Pimenta Bueno, sócia da Cely.

De acordo com a Neotrust, a expectativa é de que a Black Friday 2023 movimente 6,92 bilhões de reais no e-commerce, alta de 12,6% em relação a 2022. Ainda segundo a consultoria, 8 bilhões de pessoas fizeram compras online na edição do ano passado.

Confira o vídeo:

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.