Portal Making Of

O Globo repudia deboche de Eduardo Bolsonaro à tortura de Míriam Leitão

Em editorial nesta segunda-feira, 4, jornal O Globo repudiou a declaração do deputado federal Eduardo Bolsonaro debochando da tortura sofrida pela jornalista Míriam Leitão, colunista do GLOBO, durante a ditadura militar.

O comentário foi feito no Twitter, na tarde de ontem, 4, em resposta a uma postagem em que a jornalista afirmou que Jair Bolsonaro é um inimigo confesso da democracia.

Em 1972, quando foi presa, Miriam foi torturada, grávida, pelos militares, que deixaram a jornalista nua num local escuro com uma jiboia.

“Foi repugnante, ofensiva e absolutamente inaceitável a manifestação do deputado Eduardo Bolsonaro (PL-SP) que fez referência à tortura sofrida pela jornalista Miriam Leitão, colunista do Globo, durante a ditadura militar”, diz o texto do jornal O Globo.

“A manifestação do deputado deve ser repudiada com toda a veemência. É incompatível não apenas com o que se espera de um detentor de mandato popular, mas sobretudo com a decência e o respeito humanos. Merece, além do repúdio firme, providências das instituições obrigadas constitucionalmente a zelar pelo Estado de Direito”, completa o jornal.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Terra anuncia novas contratações

O Terra reforça seu time comercial com a chegada de Michele Lopes Gama e Guilherme Gonsales, ambos com passagens por grandes players do mercado como

Leia mais

Terra anuncia novas contratações

O Terra reforça seu time comercial com a chegada de Michele Lopes Gama e Guilherme Gonsales, ambos com passagens por grandes players do mercado como