23.6 C
fpolis
23.6 C
fpolis
quinta-feira, 1 fevereiro, 2024

Primeiros testes de vacina brasileira contra Covid-19 terão 400 voluntários

Arquivo pessoal/UFMG
Últimas notícias

Os testes clínicos da vacina SpiN-TEC contra Covid-19, desenvolvida por pesquisadores do CT Vacinas da Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e pela Fundação Oswaldo Cruz (Fiocruz), vão começar com um grupo de 432 voluntários, segundo detalhes divulgados após a aprovação dos experimentos pela Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa).

Segundo a Fiocruz, os ensaios clínicos começam assim que a Comissão Nacional de Ética em Pesquisa (Conep) revalidar a aprovação concedida anteriormente, o que é necessário para contemplar as recomendações apresentadas no parecer da Anvisa.

Os testes clínicos incluem três fases antes de os desenvolvedores solicitarem o registro dos resultados às agências reguladoras. Na fase 1, é avaliada a segurança da vacina em um grupo pequeno de voluntários. Na fase 2, os pesquisadores aumentam o número de voluntários e testam também a resposta imunológica da vacina proposta. Por último, na fase 3, o número de voluntários é ainda maior, para que seja testada a eficácia da vacina na comparação com um grupo controle.

O lote clínico de vacinas que serão aplicadas nos 432 voluntários durante as fases 1 e 2 já está pronto. Caso seja aprovada nas primeiras duas fases, o imunizante ainda passará pela fase 3 de testes que deve envolver cerca de 4 mil voluntários.

Além de se provar eficaz, a SpiN-TEC precisará igualar ou superar a eficácia das vacinas já existentes no mercado, para que sua aprovação seja concedida, uma vez que a maioria da população já está imunizada e a vacina será usada como dose de reforço.

Os testes laboratoriais realizados, até o momento, mostram que a vacina confere proteção contra o agravamento de casos de Covid-19 sem causar efeitos colaterais relevantes em camundongos e primatas não humanos.  (Agência Brasil)

Mais notícias para você
Últimas notícias

MPSC apresenta denúncia contra 13 pessoas por 57 supostos crimes eleitorais

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apresentou denúncia contra 13 pessoas por 57 supostos crimes eleitorais na cidade...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }