Portal Making Of

Rede CBN apresenta novo site com conceito “audio first”

Foto: Reprodução

A Rede CBN, liderada pela CBN FM 90.5 de São Paulo e CBN FM 92.5 do Rio de Janeiro apresentou a nova versão do seu site. A página da emissora jornalística do Sistema Globo de Rádio foi concebida com o conceito de “audio first”, e destaca logo no topo qual programa está no ar naquele momento e traz logo abaixo as reportagens em tempo real sobre os assuntos mais importantes do dia.

Com a nova página na internet, o ouvinte da CBN poderá receber notificações com as principais notícias, entrevistas e podcasts lançados pela emissora. As reportagens passam a contar com mais recursos, como mais fotos e vídeos, além de sugestões de podcasts ligados àquele tema, para trazer mais profundidade e contexto, e deixar o ouvinte cada vez mais bem informado.

O gerente de Produtos Digitais da CBN, Thiago Barbosa, deu detalhes sobre o novo site. “Sempre recebemos mensagens de ouvintes atrás de algum conteúdo, então decidimos que era preciso deixar tudo mais fácil de ser encontrado, desde os comentários mais recentes do nosso time estelar de comentaristas até os podcasts, que já têm ampla audiência digital”, afirmou em entrevista ao O Globo.

Ele também falou sobre outra novidade implantada no site. “Também demos mais destaque à página Ouça de Novo, onde é possível ouvir outra vez e a qualquer hora a programação dos últimos sete dias da CBN, escolhendo a cidade, o dia e o horário”, explicou.

Com o novo site, a CBN passa a usar a plataforma de publicação on-line Backstage, a mesma de outros portais de notícias do Grupo Globo, como O GLOBO, G1 e Valor. Além de facilitar a vida do ouvinte, o novo site tem o objetivo de ampliar ainda mais a audiência digital da CBN. Com o novo publicador, por questões técnicas, as reportagens da rádio podem passar a ter mais destaque em mecanismos de busca, fundamentais para aumentar o alcance digital do noticiário. (tudoradio.com)

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.