Portal Making Of

Relembre momentos icônicos de Glória Maria

Glória Maria foi pioneira inúmeras vezes. Ela foi a primeira a entrar ao vivo no Jornal Nacional e inaugurou a era da alta definição da televisão brasileira. Durante suas reportagens, Glória mostrou mais de 100 países e protagonizou momentos icônicos em suas aventuras.

Dois desses momentos foi em 2016, quando Glória visitou a Jamaica e participou dos rituais de uma comunidade rastafári. Na ocasião, ela experimentou “ganja”, uma erva comparada à maconha, e andou numa montamha-russa virando meme na internet.

Mais uma para a série de experiências radicais, a apresentadora saltou de bungee jumping, na Ásia, de um prédio de 233 metros, o mais alto do mundo.

Durante a sua carreira, a jornalista entrevistou celebridades como Michael Jackson, Mick Jagger, Freddie Mercury e Madonna. O encontro com o cantor Freddie Mercury, vocalista do Queen, em 1985, foi o mais marcante. Na época, a jornalista não falava inglês e relatou o momento em suas redes sociais, dizendo que mesmo assim, eles conseguiram se comunicar.

A entrevista com Mick Jagger aconteceu no Rio de Janeiro, em 1984, quando o cantor passava pelo país para gravar um videoclipe de seu primeiro trabalho solo. A conversa foi exibida no Jornal Nacional. Ele contou que escolheu o Rio porque cabia na história do videoclipe, além se ser uma cidade linda. Ela também pediu um autógrafo e ganhou um beijo do artista.

Sobre Madona, Glória contou em entrevista ao Memória Globo que a artista não era das mais fáceis de entrevistar. “Eu saí daqui e diziam que a Madonna era difícil. Foi antipaticíssima com a Marília Gabriela e debochou do seu inglês”, disse ela ao Memória Globo.

Ela contou que ao chegar, foi avisada que teria apenas quatro minutos com a cantora, e foi sincera com ela sobre o tempo curto. Glória disse que virou para a cantora e falou: “Olha, Madonna, eu tenho quatro minutos, vou errar no inglês, estou assustada, acho que já perdi os quatro minutos”, contou. Madonna, no entanto, respondeu que ela poderia levar o tempo que precisasse. “Ela foi uma simpatia, de uma gentileza.”

O encontrou com Michael Jackson aconteceu em 1996, durante a passagem do cantor pelo Brasil. A reportagem foi exibida em fevereiro daquele ano no Fantástico.

“É claro que o Michael Jackson não dá entrevistas porque ele precisa manter a imagem de um mito. Mas a gente pediu, pediu, e ele aceitou dizer uma palavra para os brasileiros. Michael, tell something to the Brazilian people [diga alguma coisa para os brasileiros]”, disse no encontro com o artista. “I love you, Brazil”, respondeu o astro, que se inclinou para dar um beijo em seu rosto.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Expansão de mercado em Santa Catarina

Mais cinco cidades catarinenses devem receber até o final deste ano empreendimentos imobiliários assinados pelas empresas do Grupo Lumis e quatro delas pela primeira vez.

Leia mais