16.6 C
fpolis
16.6 C
fpolis
segunda-feira, 4 julho, 2022

Suspeitos confessam assassinato de Bruno e Dom; corpos teriam sido queimados

Bruno e Dom, desaparecidos na Amazônia – Foto: reprodução/TV Globo
Últimas notícias

Oseney da Costa de Oliveira e Amarildo da Costa Oliveira, conhecido como Pelado, presos pela suspeito no desparecimento do indigenista brasileiro Bruno Araújo Pereira e do jornalista inglês Dom Phillips, desaparecidos na Amazônia desde 5 de junho, confessaram que mataram a dupla.

Segundo uma fonte da Polícia Federal ao G1, os dois homens que são irmão mataram Pereira e Phillips a tiros e depois queimaram e enterraram os corpos. A motivação do crime ainda é incerta, mas a PF apura se há relação com a atividade de pesca ilegal na região.

Os dois homens foram levados pela Polícia Federal nesta tarde, 15, ao local das buscas, no Vale do Javari, para apontar a localização dos corpos.

Amarildo da Costa Oliveira, o Pelado, está detido desde 7 de junho. Já Oseney, que é conhecido com Dos Santos, foi preso temporariamente ontem.

A PF deve dar detalhes do caso em entrevista à imprensa.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Justiça censura reportagem com ‘Luva de Pedreiro’ na Globo e na Record

Reportagens da TV Globo e da Record sobre o influenciador Iran Ferreira, conhecido como Luva de Pedreiro, foram censuradas...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }