23.1 C
fpolis
22.9 C
fpolis
terça-feira, 6 fevereiro, 2024

TRE marca o julgamento da possível perda de mandato do deputado federal Fábio Schiochet

Últimas notícias

No começo da noite da sexta-feira, 2, o Tribunal Regional Eleitoral de Santa Catarina marcou para às 17 horas do dia 27 deste mês o julgamento do caso do deputado federal Fábio Schiochet (UB), que tem como relatora a desembargadora Maria do Rocio Luz Santa Ritta, a mesma do caso do senador Jorge Seif (PL).

Em novembro de 2022, o então deputado estadual Ricardo Alba (UB), que naquela eleição disputou uma vaga a Câmara Federal, entrou com uma ação contra o seu companheiro de partido com a justificativa de abuso de poder econômico.

Na ação, o advogado de Alba diz na denúncia que Schiochet teria recebido, de forma fraudulenta, recursos do Fundo Eleitoral que ultrapassam teto permitido por lei. Esses valores foram repassados pela direção nacional do União Brasil para candidatos a deputado estadual ligados a Schiochet que fizeram poucos votos.

A partir daí, de acordo com a denúncia, o dinheiro teria sido usado para contratar cabos eleitorais para fazerem campanha para Schiochet quando na verdade eles teriam de ter trabalhado para os deputados estaduais.

“Tenho certeza de que, diante dos fatos que comprovam fraude e aviso do poder econômico, nós iremos vencer a ação e restabelecer a verdade. Ele já foi condenado na prestação de contas por unanimidade dos desembargadores e será condenado agora nessa ação diante dos fatos que foram levantados”, disse Ricardo Alba.

Schiochet nega a acusação e já declarou em 2023 que essa ação “é choro de perdedor” e que “facilmente conseguiremos provar que não tem fundamento as acusações de quem foi derrotado nas urnas”.

O ex-secretário da Defesa Civil de Santa Catarina, Coronel Armando, que em 2022 também disputou a eleição para a Câmara dos Deputados, também entrou com uma ação contra Schiochet, alegando que é ele quem deva assumir a cadeira no Congresso e não o primeiro suplente do União Brasil, Ricardo Alba.

Independentemente do resultado do julgamento do dia 27, tudo deve subir para o Tribunal Superior Eleitoral, em Brasília, já que, quem perder, vai tentar a sorte na instância superior.

Só que se Schiochet perder a ação, ele terá que recorrer ao TSE sem o mandato, passando o cargo para o suplente Ricardo Alba até que a ação tenha o resultado definitivo.

Avatar photo
Sergio de Oliveira
Jornalista formado pela UniSociesc tem graduação também em Gestão Comercial pela Uniasselvi. Foi dirigente e consultor nas Câmaras de Dirigentes Lojistas (CDL) de Blumenau e Gaspar. Tem experiência em comunicação governamental, com passagem por órgãos públicos de Blumenau. Atua na área de comunicação desde 1993 com passagens por veículos como Rádio Atlântida FM, Rede TV Sul, Rádio Blumenau e Jornal O Município. Já foi produtor, editor e colunista, além de empreender na área de jornalismo digital. Há 14 anos estuda e escreve sobre o cenário político de Santa Catarina, procurando apresentar informações que orientem e ampliem a visão do leitor/internauta. Contato: sergio.redacao@gmail.com
Mais notícias para você
Últimas notícias

Pedrão Silvestre diz que continua firme na sua candidatura a prefeito de Florianópolis

Na segunda-feira, 5, publiquei um texto com alguns números de uma pesquisa interna que havia sido encomendada pelo Partido...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }