Portal Making Of

Trident destaca personalidades de influenciadores relacionados à sigla LGBT+

Foto: Divulgação

Trident passou a ser Prident, pelo quarto ano consecutivo, em alusão ao termo “orgulho” em inglês, pride, para o mês do Orgulho LGBTQIA+ e lançou a campanha “Destrave o Orgulho”, idealizada em parceria com a agência Leo Burnett.

A ação tem o objetivo de oferecer o nome, visibilidade e cores da marca para apoiar a comunidade LGBTQIA+. Além disso, a campanha se aprofunda em histórias de influenciadores da comunidade, destacando atributos, personalidade e talentos pessoais relacionados às letras da sigla.

“Com “Destrave O Orgulho” nossa intenção é ir muito além do que é determinado pelas letras que compõem a sigla LGBT+. Acreditamos que os conteúdos de Prident sejam uma forma de disseminar o apoio ao letramento e, por isso, trabalhamos com o objetivo de ampliar o alcance da causa da diversidade, equidade e inclusão em nossos conteúdos”, diz Erica Migales, diretora de marketing de balas e gomas da Mondelēz Brasil.

A campanha apresenta criadores de conteúdo com personalidades únicas, como Raphael Dumaresq, Bielo, Ana Clara, Tifanny Abreu, Bryanna Nasck, Bruno Martins e Malía.

“Trident tem propriedade para contribuir com a evolução da conversa sobre esse tema com o público, mostrando que as pessoas da comunidade LGBT+ não são definidas por rótulos relacionados à sua sexualidade, mas por um conjunto de atributos e características que as tornam únicas”, afirma Vinicius Stanzione, chief creative officer da Leo Burnett.

A iniciativa dá continuidade às ações da marca com a comunidade LGBTQIA+ reforçando o compromisso com a inclusão e diversidade, além de dialogar com o posicionamento sobre estimular a autenticidade das pessoas.

 

*As informações são do Propmark

 

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Leia mais

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do