Portal Making Of

YouTube foi a plataforma de vídeo mais assistida no Brasil em 2023

Os dados da Kantar Ibope Media mostram que o YouTube foi a plataforma de vídeo online mais assistida no Brasil em todo o ano de 2023, ficando a frente de plataformas como Netflix, GloboPlay e Amazon Prime Video. O levantamento da Kantar sobre a audiência de vídeo no Brasil é divulgado mensalmente e confirmou que de janeiro a dezembro de 2023, o YouTube foi a plataforma mais consumida no país em qualquer tipo de dispositivo ou na TV conectada.

As plataformas de vídeo online foram sintonizadas por 26% dos aparelhos, sendo que o YouTube ficou com 16,1% dessa parcela. Isso é mais do que todos os demais serviços de vídeo online combinados, já que juntos os dez possuem apenas 11% do share de audiência. O YouTube também registrou em 2023 o dobro da audiência da TV paga, ficando atrás apenas da TV aberta.

A tendência é que esse número cresça ainda mais, já que cada vez mais pessoas assistem seus conteúdos preferidos na TV Conectada. Segundo dado divulgado recentemente pela plataforma, os espectadores do mundo todo agora assistem, em média, mais de 1 bilhão de horas de conteúdo do YouTube em suas TVs todos os dias, enquanto os criadores estão pensando em como otimizar seu conteúdo para a TV e registaram um aumento de 400% no tempo de visualização nas TVs.

O mesmo acontece nos Estados Unidos, segundo anunciado pela Nielsen, o YouTube é a plataforma de vídeos número 1 em tempo de exibição durante um ano inteiro. Isso significa 12 meses consecutivos de pessoas escolhendo consistentemente o YouTube como destino para assistir o conteúdo dos criadores, artistas e parceiros de mídia favoritos no YouTube.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Artplan anuncia diretora de Operações

A Artplan comunica a chegada de Karina Rios para o cargo de diretora de Operações, no escritório de São Paulo. Tendo a missão de atuar em sinergia com

Artplan é nova agência da Eletrobras

A Artplan venceu a concorrência para atender a Eletrobras, maior empresa de energia elétrica da América Latina e uma das maiores do mundo. A agência será responsável por

Leia mais