Portal Making Of

A Chef e o Mestre – a fome e a vontade de comer, amar e rezar!

Um amor daqueles bonitos de se ver, que faz a gente suspirar. Chef Dani Santos, desde que se uniu ao Mestre Saldanha, tem representado o amor em cada sorriso, em cada postagem, em cada viagem. Ele tal e qual. Refletindo a felicidade de quem canta; “por onde for, quero seu par…”

Ontem mesmo estava falando deles pra uma amiga que terminou um casamento de 20 anos e estava triste, se perguntando se um dia amaria de novo. Quando mostrei algumas fotos desse casal sensacional, ela disse: “É assim que eu quero um companheiro! Alguém por quem eu tenha admiração profunda e que exalte nosso relacionamento, que espalhe aos 4 ventos que me ama, sem medo ou mimimi, que diga o quanto me acha linda”. Assim são eles, espelhando uma união que inspira e deixa o coração esperançoso, que faz a gente ter certeza que o amor é a melhor parte da vida, e que vale a pena acreditar nesse sentimento que transcende, transforma e transborda.

Ele é a tampa da sua panela, a especiaria da sua alquimia, e ela, a faixa preta do seu quimono, é sua medalha de ouro. Dani tem mãos de fada, Saldanha, braços de touro. Ela faz da cozinha seu ateliê de arte, onde exalta a gastronomia, ele faz do tatame seu reinado, onde reina com maestria. Carregando o título de campeão do mundo por duas vezes em sua coroa. E agora o rei tem uma rainha, de alma linda e boa. Que faz comida como quem faz poesia, enquanto ele se dedica ao esporte, a ela e à alegria; atuando como atleta, professor e empresário. Comemorando que hoje, sua Dani está de aniversário! Celebrando a vida cheia de flor e cor – e por onde for… que seja com seu amor!

Feliz aniversário, Danincrível!!!

.

(As fotos são da maravilhosa Darline Santos)

*****

*****

A balada que foi um babado

Influencer de Florianópolis, Diogo Lamarque marcou presença no badalado baile de aniversário do estilista pernambucano Walério Araújo, em São Paulo. Na foto, Diogo Lamarque, Walério Araújo e Cleberson Schmidt.

(Foto Reprodução Instagram @diogolamarque)

*****

Thomorrow 2024

O empresário Paulo Toledo (foto), CEO da Cia Multiplataforma Imobiliária, e Raul Juste Lores (foto abaixo), jornalista e autor do livro São Paulo nas Alturas, são dois dos principais nomes que estarão no Thomorrow 2024 para uma experiência imersiva no segmento da construção civil, dias 23 e 24, em Balneário Camboriú.

Cada um em sua área promete um bate-papo cheio de provocações. “O Thomorrow representa um marco, porque teremos a oportunidade de mostrar que o mercado imobiliário tem o péssimo hábito de repetir os mesmos modelos. Vamos trazer provocações que possibilitem enxergá-lo com outros olhos”, aponta Paulo Toledo, reforçando que sair do senso comum é um ponto-chave para geração de ideias e mais receitas.

Ao todo, serão mais de dez talks sobre estratégias para aumentar o valor do metro quadrado, técnicas de vendas avançadas, métodos eficientes de construção, cidades inteligentes, até às possibilidades de uso da inteligência artificial no setor.

Inscrições em:  https://thomorrow.com.br/

*****

Salve, Guinha querido!

O multi-instrumentista e compositor Guinha Ramires é uma das personalidades culturais mais conhecidas da música instrumental do Sul do Brasil. Genial, talentoso e dono de uma técnica ímpar, ele adotou Florianópolis há 40 anos e hoje é um patrimônio musical da cidade. O músico é o homenageado da segunda edição do ano do Sexta Jazz AF | Especial Guinha Ramires, agendado para esta sexta (19), às 20h, no Piso G2 do Villa Romana Shopping, na Capital. A entrada é gratuita.

Com mais de 50 anos de trajetória, Guinha Ramires tornou-se um influenciador de diferentes gerações de músicos de Santa Catarina. Nascido em Carazinho, no interior do Rio Grande do Sul, chegou à Ilha de Santa Catarina em 1982 acompanhado do violão. Por aqui criou raízes, mas não sem ter dado a volta ao mundo levando sua música.

Embora o trabalho como arranjador, diretor musical e multi-instrumentista seja reconhecido Brasil afora pela técnica impecável, seu lado compositor o levou ao status de grande referência. Com tantas décadas de música, Guinha tem uma obra autoral  imensa e regravada por alguns dos grandes artistas do país.

Parte desse repertório será apresentado no palco do Sexta Jazz AF. No concerto do dia 19, ele e seu violão serão acompanhados por Rafael Calegari no contrabaixo, Neto Fernandes na bateria e Leo Garcia na guitarra.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Monólogo em forma de Benção

Encantar o público com os conhecimentos tradicionais da Ilha da Magia, incentivando todos a propagar o amor no seu servir, no seu bendizer, na sua

Monólogo em forma de Benção

Encantar o público com os conhecimentos tradicionais da Ilha da Magia, incentivando todos a propagar o amor no seu servir, no seu bendizer, na sua