19.1 C
fpolis
19.1 C
fpolis
quinta-feira, 7 julho, 2022

Audição para o Festival de Música de Itajaí

Últimas notícias
Audição para o Festival de Música de Itajaí

Hoje e amanhã os artistas selecionados para se apresentar no Festival de Música de Itajaí de 2021 vão participar de uma audição por seis curadores de eventos brasileiros.

Ivanna Tolotti, do Tum Sound Festival (foto de capa), Carlos Badia, do Bento Jazz & Wine Festival e Poa Jazz Festival (RS), Aryane Sanchez, Fórum de Produtores Culturais (DF), Gutie, do Rec Beat Festival (PE), Luciana Pegorer, do Trends Brasil Conferece (RJ), e Téo Ruiz, do FIM – Feira Internacional da Música do Sul (PR), são os diretores de festivais de música do país que estarão em Itajaí presencialmente, a fim de contribuir com a profissionalização e intercâmbio de artistas de Santa Catarina com outros estados.

 

De Floripa   Foto Sandra Puente

O TUM, idealizado por Ivanna, marcará presença como convidado no evento, dia 8 de setembro, com shows de artistas de Florianópolis, como Mc Versa (@mcversa)

 

Formando o bonde…   Fotos Sandra Puente

Também participarão o músico da foto acima Nunes (@nunes.music) e Jesus Lumma (@jesuslumma), na foto abaixo.

 

… musical

Os três são expoentes da música contemporânea que vem se destacando no cenário atual.

 

Sobre o TUM

O TUM Sound Festival é o mais completo festival de música e negócios de Santa Catarina. Com o objetivo de fomentar o ecossistema musical, conectando a cadeia produtiva da música e de redes criativas, o evento que acontece em Florianópolis desde 2017 reúne alguns dos mais importantes players e empreendedores da música do país e do exterior como gravadoras, selos, editoras, diretores de festivais,  casas noturnas, programadores musicais e culturais, músicos profissionais, amadores e iniciantes. A diretora executiva e idealizadora do TUM, Ivanna Tolotti, atua há mais de 20 anos no mercado musical como musicista, produtora e consultora de gestão de carreira.

*****

 

Saúde e beleza     Foto João Costa Dutra

A  nutricionista e mestre em ciências médicas, Renata David, abriu as portas da clínica Corpo Feliz, na Casa do Barão, no Centro de Florianópolis. A especialista trouxe para a capital o método próprio desenvolvido após atender mais de 10 mil pessoas em seu consultório no Rio Grande do Sul, e que diferencia-se por olhar a/o paciente por todos os lados, desde o físico ao emocional.

*****

 

No Casario    Foto Marlon Silva

 

O administrador Matheus Berkenbrock já sabe onde começar bem a semana. O destino é o Casario 283, uma boa opção para se reunir com os amigos para aquela descontração, degustar pratos saborosos acompanhados de drinks ou vinhos de alto padrão. O Bistrô abre normalmente de segunda a sábado, a partir das 19h e conta com cardápio variado de entradas, pratos principais e sobremesas. É só reservar uma mesa e garantir a diversão.

O Casario 283 respeita todas as normas de prevenção à Covid-19, para a segurança e saúde dos clientes.

*****

 

Esclerose Múltipla

 

Hoje, dia 30 de agosto, é o Dia Nacional de Conscientização sobre a Esclerose Múltipla, doença autoimune que ganhou projeção nos últimos anos. A esclerose múltipla é a principal doença inflamatória do sistema nervoso. É uma doença crônica e incurável, caracterizada por episódios de déficit neurológico causado pela lesão de uma estrutura chamada de mielina, uma espécie de “capa” que cobre os neurônios (células do sistema nervoso)

Segundo dados da ABEM (Associação Brasileira de Esclerose Múltipla), a doença é mais comum em jovens, sobretudo em mulheres entre 20 e 40 anos. São cerca de 40 mil brasileiros com a doença.

O médico neurologista e docente do IDOMED, Rodrigo Frezatti, pontua que os sintomas são diversos e muito diferentes.

“O principal ponto de atenção é o caráter recorrente da doença. A pessoa pode apresentar, de maneira súbita, dificuldade para andar, formigamentos, dificuldade de enxergar e em seguida se recuperar. Logo após, o ciclo se repete e os sintomas retornam. Esses episódios, transitórios e variados, são chamados de surtos”, explica o especialista.

 

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa e Santa Catarina: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.
Mais notícias para você
Últimas notícias

“Tóxico” – por Tatiana Cobbett e Samí Tarik

Nasce o novo single da multiartista Tatiana Cobbett em parceria com o músico, percussionista e compositor, Samí Tarik. O...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }