18 C
fpolis
17.5 C
fpolis
domingo, 22 maio, 2022

Bolsonaristas cobram STF após postagens de Zé de Abreu no Twitter

Últimas notícias
Bolsonaristas cobram STF após postagens de Zé de Abreu no Twitter
Foto: Reprodução/Facebook

O vereador Carlos Bolsonaro (Republicanos-RJ) cobrou um posicionamento do Supremo Tribunal Federal (STF) após os tweets feitos pelo ator José de Abreu sobre a nova internação de Jair Bolsonaro (PL). 

“@STF_oficial e checadores do @TwitterBrasil, seria esse mais um exemplo do ódio do bem? Só gostaria de ler a resposta para a questão!”, comentou o filho 02 de Bolsonaro, em seu Twitter, marcando e cobrando o perfil do STF na plataforma. 

Além do comentário, Carlos compartilhou um print do tuite de Zé de Abreu. “Que prazer que sinto ao saber que o filhodaputa passa mal. Mata seu povo por omissão e leva castigo de volta: que exploda em merda!”, escreveu o ator.

O deputado federal Marco Feliciano (PL), apoiador do presidente Jair Bolsonaro, também se manifestou sobre os comentários feitos pelo artista. 

“Com todo respeito que tenho ao @STF_oficial gostaria de fazer uma pergunta: Alguma investigação, diligência ou atitude parecida será tomada com os donos das contas das mídias sociais que ameaçam e desrespeitam o Presidente @jairbolsonaro? Ou só é crime qdo atacam V.Exmas.?”, tuitou.

Em sua conta no Twitter, José de Abreu ironizou as críticas dos bolsonaristas: “Quem tem medo de gado? Nasci em fazenda, vaca treme se você enfrenta: vide Carluxo chorando na Jovem Pan, com 0% de audiência. E eu nas nove! Hahahaha”.

 

Fotos: Reprodução/Twitter

Mais notícias para você
Últimas notícias

AlmapBBDO e Getty Images lembram conquista histórica das mulheres nos esportes

Em 2022, os EUA celebram 50 anos de “Title IX”, lei que mudou a história do esporte feminino americano,...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }