13.6 C
fpolis
13.6 C
fpolis
sexta-feira, 19 agosto, 2022

Compras de fim de ano serão impactadas pela sustentabilidade na América Latina

Últimas notícias
Compras de fim de ano serão impactadas pela sustentabilidade na América Latina
Reprodução/KantarIbope

O consumidor latino está mais consciente a cada ano quanto aos cuidados com o meio ambiente, chegando a 16% da população e um gasto de US$ 12 bilhões, de acordo com a segunda edição do estudo Who Cares, Who Does? América Latina 2021, desenvolvida pela Kantar, líder global em dados, insights e consultoria. Os hábitos de consumo e as escolhas quanto ao que levar para casa certamente serão impactados nessas próximas festas.

Ao analisar os hábitos de compra desses consumidores, a grande maioria (63%) diz tentar comprar produtos com embalagem eco-friendly. Os resíduos plásticos são uma preocupação ambiental cada vez maior para a região, principalmente para a Costa Rica, onde o tema é mencionado por 10% da população, seguida de Chile, Colômbia e Peru, com 9%. O estudo revelou que 55% dos consumidores latinos elegeram as sacolas de plástico como a maior inimiga do meio ambiente, enquanto as embalagens de papelão são as menos agressivas ao entorno (5%).

Apesar de a sustentabilidade ser um tema importante para os entrevistados na hora da compra, com a maioria respondendo que procura embalagens que possam ser recicladas (49%) ou feitas de material reciclado (39%), atributos como Carbono Zero, por exemplo, ainda não são fator decisivo para eles no momento da escolha de alimentos embalados.

 

O destino final também importa

Ante desafios ambientais tão urgentes, não é suficiente somente comprar de maneira mais consciente. Deve-se oferecer um destino final adequado aos resíduos. Existe uma necessidade latente de educação básica sobre reciclagem na América Latina, mas nem todos os entrevistados têm o mesmo nível de entendimento do tema. No Brasil, por exemplo, 36% não têm certeza dos produtos que podem ser reciclados e 46% não sabem onde e como descartar invólucros biodegradáveis.

Trabalhar com clareza sobre o processo de reciclagem pode ajudar a percepção de sustentabilidade de uma marca e gerar confiança.

No levantamento os consumidores revelaram grande influência das ações das empresas em suas escolhas. 64% disseram ter parado de comprar produtos e/ou serviços devido ao seu impacto negativo ao ambiente e 68% migraram para outros de impacto positivo. Marcas de bens de consumo massivo (FMCG) que têm boa relação com EcoActives (nomenclatura dada pela Kantar ao perfil mais comprometido com consumo sustentável) são as que progrediram mais rápido nos últimos anos. No Brasil, o crescimento dessas marcas foi de 51% em 2021 versus 2020.

Os EcoActives chegarão a 43% da população latina em 10 anos. Assim como vemos que o consumo consciente chegou para ficar, as empresas que fizerem um bom trabalho serão recompensadas pelos consumidores.

Entre as 10 marcas mais lembradas pelos latinos pela sua responsabilidade ambiental no estudo, aparecem três brasileiras: Natura, O Boticário e Ypê. A lista completa, em ordem, é: Coca-Cola, Natura, Nestlé, Omo, Ypê, Colgate, Bimbo, Avon, Gloria e O Boticário.

A edição América Latina do estudo Who Cares, Who Does? entrevistou 18.300 pessoas de Brasil, Chile, Colômbia, Costa Rica, Equador, Peru e México. 

Mais notícias para você
Últimas notícias

PT faz o rodízio de suplentes na Câmara de Vereadores de Florianópolis

Na tarde de quinta-feira, 18, tomou posse na Câmara Municipal de Florianópolis o suplente de vereador Carlos Eduardo de...