13.6 C
fpolis
13.6 C
fpolis
sexta-feira, 19 agosto, 2022

Cuidado com o golpe do consignado

Últimas notícias
Cuidado com o golpe do consignado
Foto: Reprodução/Pixabay

Que tal abrir o seu extrato do INSS para checar os proventos de sua aposentadoria ou pensão e descobrir que alguém fez um empréstimo consignado no seu nome ou usou Reserva de Margem Consignável (RMC) e que estas duas operações se reverteram na cobranças prestações mensais de um empréstimo que você não sabe de onde surgiu e muito menos autorizou. Sim, este golpe acontece com frequência dá dor de cabeça pra muita gente. O crescimento no número de demandas foi registrado de janeiro a setembro de 2021, em comparação ao mesmo período de 2020, quando as queixas saltaram de 16.683 para 45.402, sendo o 10º problema mais reclamado. Na Secretaria Nacional do Consumidor Sistema Nacional de Informações de Defesa do Consumidor – Sindec, as reclamações relativas a crédito consignado, para o público em geral, tiveram aumento de 172%. Então se você é aposentado ou pensionista ou conhece alguém faça o alerta para verificar o extrato para verificar se está correto.

 

Se houver alguma cobrança indevida no seu extrato prepare a paciência e um tempo de seu dia para resolver o problema da seguinte forma:

 

1.     Faça um Boletim de Ocorrência online (https://delegaciavirtual.sc.gov.br/inicio.aspx) ou vá diretamente a uma delegacia e faça o registro e deixe claro que não autorizou o empréstimo em seu nome.

 

2.     Entre em contato com o INSS, peça informações da instituição financeira que realizou o empréstimo e o número na respectiva operação.

 

3.     Entre em contato com a instituição financeira para saber qual o procedimento adotado, mas geralmente o caminho é enviar o boletim de ocorrência e cópia dos documentos pessoais. Verificada a irregularidade, a instituição financeira tem até dois dias úteis para o reembolso do dinheiro cobrado indevidamente.

 

Se por acaso você perceber o depósito do valor referente a um empréstimo consignado que não tenha sido autorizado por você então o caminho é mais simples, mas nem por isso menos demorado. Você deve cancelar o empréstimo consignado e faça a devolução do dinheiro à instituição financeira credora sem pagar taxas.

Janine Alves
Graduada em Economia e doutora em Gestão do Conhecimento, faz parte do Grupo de Pesquisa Interdisciplinar em Conhecimento, Aprendizagem e Memória Organizacional (Interdisciplinary research group on knowledge, learning and organizational memory), núcleo de excelência em pesquisa científica e tecnológica, vinculado ao Programa de Pós-Graduação em Engenharia e Gestão do Conhecimento (PPGEGC/UFSC). Trabalhou como: professora da UFSC e Univali, colunista de economia do Grupo RIC Record (Jornal Notícias do Dia e Ric Record TV) e analista de economia na RBS - TV/ NSC - Diário Catarinense, Consultora de Economia Internacional para a CIP Cosultores – Espanha, Diretora do Escritório do Governo da Galicia/Espanha no Brasil, Diretora de Integração Internacional e Consultora de Economia do Governo de Santa Catarina (Secretaria do Desenvolvimento Econômico e Assuntos Internacionais), etc.
Mais notícias para você
Últimas notícias

A dança das tarifas e os destaques da economia

Destaques da semana, a dança das tarifas que impulsionam a inflação e real o motivo da queda no preço dos combustíveis.