16.3 C
fpolis
16.3 C
fpolis
quinta-feira, 30 junho, 2022

David Coimbra volta a escrever ao GZH e fala sobre ‘quando quis morrer’

Reprodução
Últimas notícias

O apresentador e colunista David Coimbra publicou nesta segunda-feira, 16, em GZH, um texto sobre o drama de saúde que vem passando, que o afastou do trabalho há três meses. Para tratar dores na coluna, Coimbra estava sem escrever em sua coluna diária desde o dia 7 de março e não participa do programa ‘Timeline’, da rádio Gaúcha, desde o dia 14 de fevereiro.

Em seu texto de hoje, Quando quis morrer, ele fala sobre a vontade que teve de morrer apesar de amar a vida. Também relembra algumas atitudes de pessoas que o amam e queriam o ver bem.

“Amo viver, amo a vida e sempre amarei. Mas não estava sendo recíproco. Então de que adianta estar vivo se não posso fazer nada do que gosto? Uma vida repleta de dor, incômodos e humilhações? Era isso que havia para mim? Não, não, preferia uma morte rápida e suave”, escreveu em parte do texto.

David Coimbra é formado pela Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul (PucRS), de Porto Alegre (RS), em jornalismo, e trabalhou em diversas redações do sul do Brasil, , entre elas os jornais Diário Catarinense (SC), o Jornal de Santa Catarina (SC), o Jornal da Manhã (SC), o Correio do Povo (RS)  e o Jornal NH (RS), as rádios Eldorado (SC) e Guaiba (RS) e a tevê RCE TV (SC).

É autor de vários romances. A última obra é o livro ‘Hoje eu venci o câncer’ (2018), em que David relata como descobriu a doença e quais métodos o ajudaram no tratamento.

Confira na íntegra o texto dele na coluna de hoje.

Mais notícias para você
Últimas notícias

Sessão Especial na Alesc vai celebrar 90 anos de fundação da ACI

A Associação Catarinense de Imprensa (ACI) - Casa do Jornalista será homenageada pela Assembléia Legislativa de Santa Catarina, em...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }