9.4 C
fpolis
9.4 C
fpolis
sexta-feira, 19 agosto, 2022

O que um lavacar tem a ver com direção de TV?

Últimas notícias
O que um lavacar tem a ver com direção de TV?
Foto: Reprodução/Pixabay

A Câmara de Vereadores de Florianópolis surpreende com ação  que parece distante do interessedos cidadãos. É o que se pensa com a nomeação de um dono de lava car para Diretor de Comunicação Social. 

O ato da mesa diretora foi publicado no diário oficial do município em 5 de janeiro este ano, e diz que o cargo é de nível 1do grupo operacional direção e assessoramento superior. O salário de dezembro (sem reajuste) era R$9.652,22.

A indicação foi do vereador Gilberto Pinheiro, o Gemada, que tem reduto eleitoral no Campeche, justamente onde funciona o lavacar, cujo proprietário vai assumir a direção da TV Câmara. Para saber se existe uma explicação lógica para essa nomeação, desconhecida até o momento, este portal enviou pedido de explicação ao vereador Gemada, que será divulgada aqui se ele responder.

 

Informação demais

A falta de produção de notícias está levando as emissoras de TV a exagerarem na amplitude da agenda de vacinação nas várias cidades do estado.  Parece mais uma estratégia para preencher espaço chamando repórteres que desfilam locais e horários por vários minutos. 

É fundamental informar sobre o esquema de imunização, mas o interesse é local  enão deveria ocupar os preciosos espaços regionais. Não faz sentido dizer ao público da Capital os locais de vacinação em Chapecó, por exemplo.

 

Calorão

Com todo o respeito a quem se dispõe a apresentar boletim do tempo, mas nesta fase de calorão a informação deveria privilegiar os entendidos.

 

Futebol no rádio

O rádio esportivo começou o ano com intensa competiçãoentre emissoras. São quatro equipes na capital disputando audiência no dial e no streaming: CBN Diário, Guarujá, Jovem Pan News e Grupo Veg Esportes, três com equipes experientes e a Jovem Pan apostando em gente nova no mercado. Cada uma tentando conquistar ouvintes.

Tudo indica que duas coisas farão a diferença no final: o trabalho coletivo, não só nos jogos mas antes e depois, e o talento dos profissionais. É escolher entre a rádio cujo narrador manda dezenas de abraços e também apresenta jingles comerciais com bola rolando; outra onde o comandante tem o estilo Sílvio Santos e, ainda,  outrasque apostam em muitas mensagens de whatsapp.

Cada um tem seu público e alguns já o cativaram, como é o caso do comentarista  do Grupo Veg, Miguel Livramento, autor de tiradas folclóricas como mostra no vídeo a seguir.

 

Sem preparo

Na ausência da substituta de Fabian Londero no NSC Notícias, sábado, pegaram a repórter Gabriela Bridi e jogaram no ar sem nenhuma preparação. A moça aparentava desconforto no estúdio, sem nenhuma culpa por isso. É preciso mais responsabilidade nesse tipo de ação,  levando em conta a imagem do profissional e a responsabilidade de entregar o melhor para quem está em casa.  

 

 

 

 

 

 

Claiton Selistre
Publisher, colunista e owner do Portal Making Of, é jornalista formado pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul. Foi diretor de Jornalismo por 25 anos da RBS TV, TVCom e Rádio CBN/Diário, além de coordenador do comitê editorial da RBS em Santa Catarina. Antes atuou na Rádio e TV Gaucha do grupo RBS e em redações de jornal, rádio e tv do grupo Caldas Jr. em Porto Alegre. Foi também repórter da na Sucursal do Jornal do Brasil. Planejou e Coordenou coberturas multimídia nas Copas do Mundo de Futebol na Alemanha, Argentina, Espanha, México, Itália, Estados Unidos, França e Japão/Coréia. Dirige a Making of há sete anos.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Simone manda recado à Simaria após anúncio de fim da dupla

Simone e Simaria anunciaram ontem, 18, o fim definitivo da dupla. A decisão ocorreu três meses após Simaria se...