Portal Making Of

Topázio troca Renato da Farmácia por Gabrielzinho na Câmara de Vereadores

O processo de cassação do vereador Maikon Costa (PL) ainda causa sequelas no núcleo do governo do prefeito Topázio Neto (PSD) dentro da Câmara Municipal de Florianópolis.

Depois de se abster de votar a aprovação do relatório do vereador Diácono Ricardo (PSD), que era o relator do caso e pedia a cassação de Maikon Costa, o vereador Renato Geske, conhecido como o Renato da Farmácia, perdeu a condição de líder do governo no legislativo da Capital.

Maikon Costa foi cassado com 17 votos favoráveis e 4 contrários, sendo que apenas o vereador Afrânio Boppré (Psol) e as vereadoras Tânia Ramos (Psol), Cintia Mendonça (Psol) e Manu Vieira (Novo) votaram contra.

A cassação aconteceu no último dia 4 de março, mas o assunto já era para ter sido sacramentado no dia 28 de fevereiro, quando a sessão foi encerrada pelo presidente João Cobalchini (UB) por falta de quórum.

É que os vereadores se retiraram do plenário porque o governo não tinha a certeza dos 16 votos necessários para a cassação de Maikon.

Depois de todos os acontecimentos desse fato na Câmara Municipal, o prefeito Topázio determinou que o vereador Gabrielzinho Meurer (Podemos) assumisse a liderança do governo na casa no lugar de Renato da Farmácia.

No seu primeiro discurso na sessão dessa segunda-feira, 11, Gabrielzinho agradeceu a confiança que o prefeito deposita nele e também elogiou o trabalho feito por Renato da Farmácia durante a sua gestão.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Leia mais

Uma pesquisa com números mais fiéis

O assunto mais comentado na política catarinense foi o resultado da pesquisa Ipec divulgada pela NSC na noite de terça-feira, 20. Uns vibraram, outros se