Portal Making Of

As ‘veras’, ascendência, o ângulo e o garçom

Reprodução

1 – Agora é as “veras” e pra valer

As televisões e canais esportivos para garantirem a audiência induziram a você que o jogo do Brasil contra Camarões valia alguma coisa. O orgulho? Faltou a informação de que a maioria dos jogadores “africanos”, na verdade nasceram na Europa, filhos de imigrantes ou refugiados de guerras. A ascendência dos pais lhes permite manter a dupla nacionalidade, como alguns brasileiros buscam em Luxemburgo, Itália ou Portugal, a nacionalidade européia. E que os “africanos” foram criados, vivem e jogam futebol nos grandes clubes das ligas européias.

 

2 – Mas hoje à tarde

Começa às 16h e é pra valer, contra a Coréia do Sul, pais de Son, titular do Tottenham. É uma equipe melhor que aquelas seleções que o Brasil enfrentou na preparação do mundial. Um adversário que tem ambições. É bom lembrar que o Brasil não ganha uma Copa do Mundo desde 2002 e que há mais de 15 anos não tem um jogador com uma Bola de Ouro.

 

3 – Depende do Ângulo – um

Reprodução

Neste a bola saiu? Se fosse no trave darias gol? O árbitro daria gol? Pois no lance do gol do Japão contra a Espanha, o VAR disse que não e a FIFA referendou. Por esta imagem estática a FIFA mandou para casa os alemães e deixou claro que não seria gol, se eles estivessem analisando a linha da meta, não dariam gol. Para eles esta bola não saiu e não teria entrado, apesar de ter quicado dentro. O Fosatti, uruguaio e ex-goleiro do Avaí, em Doa, tem razão: “O VAR mostra, mas quem interpreta é muito ruim”.

 

4 – Depende do Ângulo – dois

Reprodução

Parece que a bola não saiu, mas o que vale é quando ela quica no chão ou a barriga? Saiu? Quando quero justificar uma coisa com fotografia, procuro um ângulo que me favoreça. Visto de cima a bola não saiu, visto do chão saiu. Pra mim saiu…

 

5 – Depende do Ângulo – três

Se não fosse a cabeça e fosse a mão, o árbitro daria falta e se fosse na defesa apitaria pênalti? Depende do ângulo. Não deram gol de Ronaldo.

Reprodução

 

6 – Os craques

Son – Coréia do Tottenham; Messi – Argentina do PSG; Pulisic – USA do Dortmund; Modric – Croácia Real Madrid; De Jong – Holanda do Barcelona; Henry Cane – Inglaterra do Tottenham; Kubo – Japão da Real Sociedad contra Neymar Jr. – Brasil do PSG.

 

7 – Homenagem ao ponta que gostava de fazer gols

A Marco Vaz, o primeiro agachado na foto. Morreu quinta-feira e com ele uma página da história do futebol em Santa Catarina. Marcos nasceu no Rio de Janeiro, um caminhoneiro de Criciúma: Luiz Padre o viu jogando futebol na praia, o trouxe e no primeiro teste foi contratado para substituir Valdomiro no Comerciário de Criciúma. Lauro Burigo me contou: “Estou vindo do treino, o Ítalo botou-o para treinar e ele quase matou o Toco. Nós não vamos sentir falta, ele vai nos fazer esquecer e nem saudades do Valdomiro, no primeiro jogo.” Marcos na foto com o time campeão com Figueirense em 1974. Foi em paz e deixou saudades.

Reprodução

 

8 – Que explicações?

O Marquinho, na Praça XV, jogando dominó, tentava explicar para o Zeca Baiano o que o Tite disse sobre a entrada de Rodrygo contra a Suíça: ”Há um leque de opções, porque tem um processo todo de quatro anos de construção. Quem venceu hoje foi o processo”.

 

9 – Laterais? Que laterais?

Quando a televisão mostra Cafu e Roberto Carlos sentados olhando jogo de uma seleção penta campeã, que revelou para o mundo Djalma Santos, Newton Santos, Cafu, Roberto Carlos, Nelinho, Júnior, Carlos Alberto Everaldo, Leandro, Zé Maria, Maicon, Branco, Leonardo e agora tem que improvisar um zagueiro. Dá dó!

 

10 – Holanda x Argentina

No Brasil, em 2014, os gringos passaram pelos holandeses nos pênaltis. A Holanda entrou no grupo dos grandes em 1974, quando decidiu contra a Alemanha; no Mundial seguinte contra a Argentina em 1978 foi vice e na terceira vez foi em 2010 contra a Espanha. Olhe como jogavam em 1974.

11 – Marcelo lateral

O filho de nome Enzo joga nos infantis do Real Madrid e assinou contrato esta semana. Veja as imagens do Enzo jogando e da família aqui.

 

12 – Um garçom

Que agora adora ser Neymar Jr. Veja aqui.

FIM.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Nódoa, Categoria e Resultados

1 – “Brusque” não esteve na festa Da premiação dos melhores que participaram do Campeonato Estadual de 2024, ano do Centenário da FCF, que realizada na segunda-feira 8,

Não existe Glória sem Honra

1 – Honra e Glória A glória sem honra na vale nada. Porque a honra se alcança pelas virtudes, talentos, boas ações e por características excepcionais. Faltou tudo

Nódoa, Categoria e Resultados

1 – “Brusque” não esteve na festa Da premiação dos melhores que participaram do Campeonato Estadual de 2024, ano do Centenário da FCF, que realizada na segunda-feira 8,

Não existe Glória sem Honra

1 – Honra e Glória A glória sem honra na vale nada. Porque a honra se alcança pelas virtudes, talentos, boas ações e por características excepcionais. Faltou tudo