Portal Making Of

Caráter, ganhar e canteiro

Foto: Leandro Boeira/Avaí F.C.

1 – Jogo para ganhar

 O jogo de hoje do Avaí contra o Novorizontino, na Ressacada, às 20h, com frio e chuva é para ganhar. O Carroberto da Jovem Pan News me retruca dizendo que precisa jogar. Eu repito é para ganhar, porque quando você joga espera três resultados: vitorias, empate e derrota, mas quando joga para vencer a vitória é o único objetivo.

Não sei como o Dal Pozzo vai preparar o time, mas depois que ele anunciou contratações e com a chegada de três jogadores, entre eles Wagner Love o time e, não o clube, é outro. Hoje ele precisa ganhar para sair da beirada da zona de promoção.

 

2 – Sonho

Foto: Leandro Boeira/Avaí F.C.

Na entrevista, na chegada de Wagner Love, o torcedor do Avaí deveria ter-se lamentado por não escuta-lo dizer, aos 40 anos – “que está no Avaí para realizar um sonho de criança ou que: nenhum jogador não pode rejeitar um convite do Avaí”, como não rejeitaram: Jorginho, Douglas, Guerrero…

 

3 – Brasil x Uruguai como a 70 anos

Foto: Reprodução X Conmebol

Os jogadores uruguaios entraram em campo para vencer, superando as emoções, sem se importarem como tão grande são os adversários. Pensando assim:

“Somos nós contra Golias!”

Não esqueça que quando um uruguaio ganha uma bola, ele aprende a jogar futebol para vencer os argentinos e fazer chorar os brasileiros. Sabem que precisam serem viris, então colocam a pintura de guerra na cara e intimidam os adversários. Ajustam a virilidade charrua, cheia de “gana”, aos interesses da equipe e, com intensidade.

 

4 – São poucos

Um grupo de jogadores de futebol de um país com uma população menor do que a de Santa Catarina, não deu tempo aos brasileiros os obrigando a jogarem de primeira. Eles criaram um cenário emocional, que os comandados de Júnior, não esperavam. Cada metro quadrado no campo de jogo valia mais do que o que eles vendem em Punta do Leste e, tornaram o gramado confortável para os brasileiros a cada encontrão.

 

5 – Como é doce casar em Las Vegas

O que acontece ou o que se faz em Las Vegas vale a pena o preço que se paga. Não existe coisa mais doce do que apostar e vencer em Las Vegas. Não é para qualquer um.

 

6 – Os absurdos

Um cronista flamenguista, que escreve e fala desde São Paulo escreveu: “A seleção brasileira de futebol está à deriva e precisa de um técnico estrangeiro”.

Ele esqueceu de completar a frase: e convocar jogadores estrangeiros.

 

7 – Muita tinta e terror

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

Muito espaço e tinta foram gastos para divulgar e explicar a ida de Endrick para o Real Madrid, até dizer que ele precisava de tempo? Foi uma desculpa para ajustar um ataque com Raphinha, Rodrygo e Vini Junior.

No jogo que Vini “correu”, Endrick enfrentou – cara a cara -, Araújo, que nos clássicos entre Barcelona X Real, aterroriza Vini Júnior, que se encolhe. Endrick não se encolheu.

 

8 – Quantos jogadores

Atuando pelas seleções de Brasil e Uruguai jogaram em Portugal?

 

9 – As crianças

Reconhecem desde cedo um craque de futebol. Bata olhar a foto de Arda Güler pousando com a seleção da Turquia.

10 – Gramado

Foto: Patrick Floriani/FFC

Não aceito desculpa de que choveu muito. Chove muito menos do que na Inglaterra. Não aceito desculpas de que a mare alta represou a agua da chuva. Não. O gramado do Scarpelli foi colocado abaixo da pista de atletismo e qualquer chuva alaga, como alagou neste domingo não permitindo que o Figueirense tão moderno vencesse, em casa o Athletic de MG. Terminou 0 a 0 e o time está na beirada da turma que se classifica. Vai ter que ganhar uma fora de casa.

 

11 – O Criciúma e a turma

Foto: Celso da Luz/ Assessoria de imprensa Criciúma E.C.

Me nego a chamar o time e o clube pelo apelido, que perdeu para o Vitória. Menos mal que a turma de baixo não venceu também. Uma Zona de rebaixamento inédita: Corinthians, Grêmio, Atlético de GO e Fluminense. A segunda divisão de 25 vai ficar atraente. Lá em cima Flamengo, Botafogo, Palmeiras e São Paulo não largam o osso.

 

12 – Jogos grandes

Amanhã, às 16h a Espanha enfrenta a França. A vencedora do jogo espera pelo resultado de quarta-feira entre Inglaterra x Holanda. Pode ocorrer uma repetição da final da Copa do Mundo da África do Sul. Lembra qual foi?

Na Copa América, a Colômbia me lembra a Itália de 1982, que foi campeã vencendo o Brasil, Argentina, Inglaterra e Alemanha. Pois a Colômbia passou pelo Brasil, enfrenta o Uruguai na quarta às 21h, quando saberá quem enfrentará, no domingo às 21h a Argentina ou o Canada que jogam nesta terça às 21hs.

 

Fim

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Finais, confiança e sonhos

1 – Porque não se calou Depois que anunciar o desejo de contar com reforços, no dia 14 de junho, Dal Pozzo quebrou a confiança

Caráter, ganhar e canteiro

1 – Jogo para ganhar  O jogo de hoje do Avaí contra o Novorizontino, na Ressacada, às 20h, com frio e chuva é para ganhar.

Heróis, gramado e medo

1 – Venceu O Criciúma jogando, ontem à noite, no Heriberto Hülse – com mais de 12 mil pessoas no estádio, derrotou ao Cruzeiro por

Imitação, Brilho e futebol

1 – Avaí 1 x 1 Amazonas  Saiu perdendo, empatou no final do primeiro tempo. No meio do segundo teve um pênalti a seu favor

A Euro, Brasil e o frio

1 – A Eurocopa É um Mundial sem Brasil e Argentina e que segue neste sábado, quando iniciam os jogos das quartas de final, com

Copa, Figueira e Vagner Love

1 – Seleção e Dorival Como ele preconizou: Endrick ficará no banco porque: “Tem que ir devagar”. Mas se estiver perdendo, Dorival ira apelar para Endrick.

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Bola, vitória e sofrer

1 – Sofrimento Há um ditado espanhol que diz o seguinte: “Ninguém é feliz sem sofrer”. Que sofrimento sentiu a torcida do Avaí na sexta-feira

Devagar, bolinho e mulheres

1 – A seleção de Dorival Júnior terminou as experiências que fez com a seleção brasileira de futebol durante os quatro jogos de preparação para

Público, Endrick e bobagens

1 – Público a mentira Público até agora do Figueirense, na metade do ano é de 25.152 pagantes, se multiplicarmos o custo médio do ingresso

Finais, confiança e sonhos

1 – Porque não se calou Depois que anunciar o desejo de contar com reforços, no dia 14 de junho, Dal Pozzo quebrou a confiança

Caráter, ganhar e canteiro

1 – Jogo para ganhar  O jogo de hoje do Avaí contra o Novorizontino, na Ressacada, às 20h, com frio e chuva é para ganhar.

Heróis, gramado e medo

1 – Venceu O Criciúma jogando, ontem à noite, no Heriberto Hülse – com mais de 12 mil pessoas no estádio, derrotou ao Cruzeiro por

Imitação, Brilho e futebol

1 – Avaí 1 x 1 Amazonas  Saiu perdendo, empatou no final do primeiro tempo. No meio do segundo teve um pênalti a seu favor

A Euro, Brasil e o frio

1 – A Eurocopa É um Mundial sem Brasil e Argentina e que segue neste sábado, quando iniciam os jogos das quartas de final, com

Copa, Figueira e Vagner Love

1 – Seleção e Dorival Como ele preconizou: Endrick ficará no banco porque: “Tem que ir devagar”. Mas se estiver perdendo, Dorival ira apelar para Endrick.

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Bola, vitória e sofrer

1 – Sofrimento Há um ditado espanhol que diz o seguinte: “Ninguém é feliz sem sofrer”. Que sofrimento sentiu a torcida do Avaí na sexta-feira

Devagar, bolinho e mulheres

1 – A seleção de Dorival Júnior terminou as experiências que fez com a seleção brasileira de futebol durante os quatro jogos de preparação para

Público, Endrick e bobagens

1 – Público a mentira Público até agora do Figueirense, na metade do ano é de 25.152 pagantes, se multiplicarmos o custo médio do ingresso