Portal Making Of

As disputas para continuarem no Estadual

Foto: Richard Ferrari

1 – Sábado a rodada final

Foto: Reprodução/FCF

Da fase de classificação: dois caem para a segunda divisão: Nação e Internacional de Lages e a disputa de sábado as 16h30 entre esses clubes: Figueirense x Inter de Lages; Nação x Joinville; Criciúma x Chapecoense; Brusque x Marcílio; Concórdia x Avaí e Barra x Hercílio, assim – Chapecoense, Joinville e Concórdia decidem uma vaga para continuar e enfrentar o Criciúma; enquanto Avaí, Barra, Figueirense e Hercílio luz disputam quem ficará com o terceiro lugar; Criciúma e Marcílio Dias a primeira colocação, enquanto que Inter e Nação estão rebaixados.

 

2 – Protocolo de torcida única

Esse protocolo do MPSC, que proíbe pessoas, que torcem pelo Figueirense, que vivem e moram próximo ao estádio da Ressacada, de saírem de casa ou se exporem na rua usando roupa de cor branca e preta, sob pena de serem presas.

 

3 – No Estreito também é proibido

Por esse “protocolo” civilizado ou seria humanizado, os torcedores do Avaí que moram no Estreito, em dia de clássico no estádio Orlando Scarpelli, não podem sair de casa por falta de segurança ou serão presos por desobedecerem ordem do “xerife”.

 

4 – Comodismo e preguiça

Por falta de punição e de quem tem a obrigação de garantir o direito de ir e vir, das pessoas que querem se divertir, estão esquecendo que os dirigentes aprovaram uma cota de 10% da capacidade do estádio que pode ser ocupada pelos torcedores visitantes. A constituição está sendo rasgada, prejudicando o desenvolvimento da indústria do entretenimento, que gera riquezas, impostos e empregos. Polícia? Para que serve?

 

5 – Dorival é seleção

A quantidade é não a qualidade, pois ele irá convocar três jogadores a mais do que os 23 que são chamados normalmente para jogos amistosos da seleção do Brasil. Aposto que estes três serão jogadores que atuam no Brasil: um do Flamengo, um do São Paulo e um do Atlético Mineiro.

 

6 – Femininas

Foto: Fabiano Rateke/Avaí F.C.
 

Do Avaí estão com os salários atrasados?

Quer dizer que o ajuste da recuperação das dívidas não incluem os salários das jogadoras? E muito menos aquele adiantamento a Libra e o dinheiro da CBF para o futebol feminino, não é verdade? É só para inglês ver?

 

 

7- Casinha arrumadinha no Estádio

Foto: Reprodução/X @oficialcnmd

A aventura de Marcílio Dias, na Copa do Brasil 24, foi uma festa que durou uma noite e revelou a fraqueza dos dirigentes quando se expôs ao mundo as mazelas do passado. Há muito anos o estádio Dr. Hercílio Luz serve de BNH, moradia, para Elenir e Sueli, esposas de dois ex-empregados.  

Ah, lembrei da “pastelaria”, encravada no muro na frente de um ponto de ônibus na Avenida Marcos Konder, por pouco não virou outra moradia. Como são incapazes de gerir um clube de futebol esses nossos “cartolas”.

 

 

8 – Sabedoria

Eu não entendo de futebol, se entendesse seria rico. Eu sou um contador de histórias, que no Brasil não são valorizadas, a não ser que se transformem em novelas na televisão.

 

 

9 – Criar Vantagem

No futebol os jogadores têm que criar vantagens, enganando com dribles os adversários ou correndo. Não se cria vantagem esperando a bola ou chutando para onde está virado o nariz. Se no Avaí tivesse analista de desempenho muitos desses jogadores não estariam jogando.

 

 

10 – Tomar ou roubar a bola

Para que serve? O que os jogadores do Avaí fazem quando tem a pose de bola? Iniciam um contra ataque ou se desfazem dela chutando pra longe?

Isso de chutar para longe, o Vicente Luiz dizia que em time profissional zagueiros de fazenda ou de serrarias – que fazem isso nas várzeas, não jogam em time profissional.

 

11 – Olheiro

Analista de desempenho é aquele que assiste aos jogos de futebol, com um lápis e um caderno na mão, anotando a atuação de um jogador, depois faz um relatório, distribui para a mídia acreditando que irão considerar.

O Lauro Burigo tinha um em Criciúma chamado Jamegão.

 

12 – Uma vez…

Há coisa que acontece uma vez na vida, menos no futebol quando se muda uma “sentença”, olhando a repetição das imagens no VAR. Mas ninguém é punido agarrando o contrário dentro da área? No meio de campo, o árbitro pune com falta e com cartão amarelo, dentro da área, quando os jogadores se agarram, a punição fica só na conversa.

 

13 – Marcar

É evitar que o adversário jogue, não é roubar a bola e chutar para longe, porque três segundos depois ela esta de volta. A bola tem que ser passada a um companheiro do mesmo time, que organiza o jogo no meio de campo, como Zenon e Sérgio Lopes faziam.

 

14 -VAR

É a segunda chance que o time visitante tem se o árbitro errar, e assim este joga com mais segurança e o local não pode errar.

 

FIM

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Começou, Champions e agora vai

1 – Nossa Turma O Avaí começa nesta sexta-feira, à noite em Ponta Grossa, enfrentando o Operário o caminho na Série B em busca da promoção;

Nódoa, Categoria e Resultados

1 – “Brusque” não esteve na festa Da premiação dos melhores que participaram do Campeonato Estadual de 2024, ano do Centenário da FCF, que realizada na segunda-feira 8,

Não existe Glória sem Honra

1 – Honra e Glória A glória sem honra na vale nada. Porque a honra se alcança pelas virtudes, talentos, boas ações e por características excepcionais. Faltou tudo

Começou, Champions e agora vai

1 – Nossa Turma O Avaí começa nesta sexta-feira, à noite em Ponta Grossa, enfrentando o Operário o caminho na Série B em busca da promoção;

Nódoa, Categoria e Resultados

1 – “Brusque” não esteve na festa Da premiação dos melhores que participaram do Campeonato Estadual de 2024, ano do Centenário da FCF, que realizada na segunda-feira 8,

Não existe Glória sem Honra

1 – Honra e Glória A glória sem honra na vale nada. Porque a honra se alcança pelas virtudes, talentos, boas ações e por características excepcionais. Faltou tudo