Portal Making Of

Grey cria Bolsa Antirracista para Universidade Zumbi dos Palmares

Foto: Reprodução

Apesar de ganharem repercussão na grande mídia, as cenas de pessoas negras sendo humilhadas em lojas ao terem suas bolsas revistas sob acusação de furto são uma triste rotina no comércio. Mas a partir desta quinta, 21, Dia Internacional Contra a Discriminação Racial, uma ação criada pela Grey Brasil para o Racismo Zero, programa idealizado pela Universidade Zumbi dos Palmares que visa acabar com o racismo em ambientes de consumo, vai conscientizar a sociedade desse tipo de crime. O texto da Lei 14.532/2023, que prevê 2 a 5 anos de prisão e multa para quem constranger, humilhar ou cometer crimes de racismo ou injúria racial, vai virar uma etiqueta para ser afixada em bolsas. A estilista Naya Violeta foi convidada a criar o design da primeira Bolsa Antirracista, distribuída à personalidades que irão amplificar o assunto em suas redes. Milhares de etiquetas com a lei também serão distribuídas para serem colocadas dentro das bolsas das mulheres que enfrentam esse tipo de constrangimento. “A Naya criou uma bolsa muito impactante e poderosa. É um orgulho contar com seu talento e sua visão. Tenho certeza que essa bolsa irá causar grande repercussão e impulsionar o Movimento Racismo Zero”, conta Manir Fadel, CCO e CEO da Grey.

O reitor da Universidade Zumbi dos Palmares, José Vicente, diz que o objetivo da campanha é chamar atenção para essa situação que ocorre majoritariamente com pessoas negras. “A ideia é que mais empresas possam conhecer o programa Racismo Zero e façam parte da iniciativa, treinando seus funcionários para serem agentes antirracistas. Além disso, também buscamos gerar conhecimento sobre o programa para que as pessoas saibam que podem contar com um canal de denúncia caso sofram racismo em ambientes de consumo”, explica José Vicente.

Manir Fadel conta que a equipe de criação da Grey analisou grande quantidade de casos em ambientes de consumo em que pessoas negras têm que abrir a sua bolsa para provar que não roubaram nada. O executivo conta que em um primeiro momento, vão ser confeccionadas 15 bolsas que serão distribuídas para importantes influencers. Outros estilistas serão convidados para participar do movimento e produzirem a sua própria versão da bolsa. Além disso, milhares de tags serão confeccionadas para serem distribuídas entre a população. “Dessa forma, até mesmo quem não tiver a possibilidade de aquisição das bolsas poderá colar a tag em sua própria bolsa”, explica Manir Fadel.

A ação começa a ganhar vida nesta quinta, dia 21, com o lançamento de um vídeo em que a Naya Violeta conta sobre a criação da bolsa e a importância do projeto para a conscientização sobre a lei. “Esse material vai mostrar o processo criativo da Naya e como ela idealizou o acessório. Alguns influencers irão receber uma unidade dessa bolsa e vão comentar também sobre a ação em suas redes sociais, ampliando o debate e convidando estilistas de outras marcas a se juntarem ao movimento. Assim, uma grande corrente tomará forma, ampliando o conhecimento sobre o programa Racismo Zero”, explica Manir Fadel.

Ficha Técnica

Anunciante: Universidade Zumbi dos Palmares

Produto: Institucional

Título: Bolsa Antirracista

Agência: Grey Brasil

CEO: Manir Fadel

Direção de Criação: Manir Fadel (CCO), André Gola (ECD) e João Caetano (ECD)

Criação: Duda Vidaurre, Gabriella Batista e Jonas Soares

Conteúdo: Bruno Borghi e Bruno Flores

Head de Atendimento: Priscilla Telles

Atendimento: Pamella Kacelnikas

Head de Mídia: Verusca Casciano

Mídia: Camila Mercadante

Head de Estratégia: Mariana Pagano

Head de Produção: Fabiano Beraldo

Produção: Otávio Veras

Aprovação: Reitor José Vicente

Grey Global Head of Creative Excellence: Maru Sokolowski

Grey Global Craft Partner: Costanza Rossi

Grey Global Chief Creative Officer: Gabriel Schmitt

Grey Global Creative Partner: Diego Medvedocky

Grey Global Sr. Creative Manager: Catrina Ramos

Produtora de Imagem: PANCS

Estilista/Designer: Naya Violeta

Pós-Produção: Átomo

Coordenação de Pós-Produção: Fernanda Nahas

Finalizador: Rafael Zierhofer

Montagem: Bruno Husky

Motion: Daniel Rotatori

Color: Rafael Zierhofer

Produtora de Som: Jamute

Produção executiva de som: James Feeler

Engenheiro de som: Marcelo Filho, Otávio Bertolo, Sanjai Cardoso

Coordenação: Julianna Zuppo e Letícia Nunes

Atendimento: Kiki Eisenbraun e Hingrit Nistche

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Aos queridos leitores

Com meu poema de Ano Novo favorito, desejo que, em 2023, se realize tudo aquilo no qual depositamos nossa esperança.                                           Brígida De Poli ESPERANÇA

Leia mais