Portal Making Of

Devagar, bolinho e mulheres

Foto: Rafael Ribeiro/CBF

1 – A seleção de

Dorival Júnior terminou as experiências que fez com a seleção brasileira de futebol durante os quatro jogos de preparação para as disputas da Copa América, que começa no dia 20. O saldo final foi o de um empate com o time dos USA e, uma dúvida – de que Endrick tem que ir devagar.

Então porque o convocou?

Porque o que eu vi, foi o talento de Endrick transformar uma seleção perdedora em um time vencedor. Não pode haver dúvidas, porque Endrick foi importante nos jogos que participou, marcando gols e sendo destaque.

Como tem que ir de devagar?

Com quem disputou uma Copa Libertadores, mudou o rumo de um jogo contra o Botafogo, no mês de agosto defenderá o Real Madrid – o melhor e maior clube de futebol do mundo e as dúvidas não se justificam só porque ele vai fazer 18 anos no mês que vem?

Ele foi convocado pela seleção brasileira, marcou quatro gols em três jogos que disputou e não precisa mostrar mais nada ao treinador.

Endrick, como jogador de futebol, é uma realidade!

 

2 – Copa América

Começa na quinta-feira dia 20 e a seleção brasileira não tem um “time”.

O treinador tem dúvidas e há quem pergunte na entrevista coletiva se foi por falta de tempo para o treinamento?

Como?

Os outros treinadores das seleções que irão disputar a Copa América e a Eurocopa tiveram o mesmo tempo que o Dorival Junior teve para montar e treinar suas seleções.

Que mundo vive a turma que fala na “latinha”?

 

3 – Há, o pessimismo

Parte dos treinadores e da mídia, não acreditavam que ao início da Série B o Avaí estivesse entre os quatro classificados; que o Santos estaria fora. Porque o se, que usam para dizerem obviedades, também serve para afirmar que “se o campeonato terminasse agora”: o Santos, favorito, estaria fora e iria disputar mais um ano a Segunda Divisão.

 

4 – Na série A

Foto: Celso da Luz/ Assessoria de imprensa Criciúma E.C.

O Criciúma acordou do sonho e já se encontra onde estava no ano passado. Mas também devo dizer que há os grandes e históricos clubes andando circulando pelo porão da tabela de classificação como: Corinthians, Fluminense, Vasco e Grêmio que estão à beira de precipício.

A segunda divisão está ali bem pertinho.

5 – Racismo e Vinicius

Depois que tomou conhecimento da condenação dos torcedores do Sevilha por atos racistas, Vinicius Júnior disse:

“Não sou vítima do racismo, sou o algoz dos racistas!”

 

6 – E no Brasil?

Quero ver como se comportará a Justiça Brasileira, ávida em punir velhinhos invasores do Palácio do Alvorada, sobre atos de ofensa com atitudes violentas e racistas, que ocorrem em nossos estádios de futebol?

 

7 – A embaixada brasileira

Foto: Reprodução/ESPN

Na Espanha ajudou a justiça espanhola no julgamento, que condenou três torcedores do Valencia, por crime de racismo ao ofenderem Vinicius Júnior no jogo Real Madrid x Valencia.

Fiquei de cara e de boca aberta.

O Brasil ajudando a condenar atos racistas na Espanha?

Como? A Justiça Brasileira não consegue indiciar ou condenar um único torcedor por vandalismo, terrorismo, violência ou racismo no Brasil?

 

8 – Defender como?

Foto: Reprodução

Luiz de La Fuente, treinador da seleção espanhola disse que:

“Que no futebol defender é trabalho de todos”.

Ou melhor: “Defender é coisa de todos”.

Entendeu?

 

9 – Vai voltar a ordem

No futebol, porque a UEFA baixou uma norma, antes do início da Eurocopa, que só o “capitão” de cada seleção poderá se dirigir aos árbitros pedindo explicações sobre decisões que considere interpretativa. A norma visa melhorar o futebol, disciplinar o comportamento dos jogadores e evitar as imagens dos “juízes” de futebol cercados por jogadores.

Quem se insurgir será advertido com cartão amarelo, como no passado.

Agora só o capitão poderá protestar, como no tempo em que os jogadores respeitavam a autoridade. Espero que esta norma seja usada no Brasil

Foto: Reprodução

10 – Mulheres e futebol

Foto: Reprodução

Há campanhas e a mídia adora destacar as diferenças entre as mulheres e os homens: como o período da maternidade. Há quem coloque na frente as normas da CLT, enquanto existem aquela que defendem que a carreira está em primeiro lugar. No futebol elas deveriam pensar na carreira e esperar pela maternidade, porque depois dos 32 anos de idade, há tempo suficiente para se ter dois ou três filhos.

E imagine um craque exigir uma licença maternidade durante uma Eurocopa, Copa América ou Mundial porque a esposa pariu um neném na véspera do início da competição?

 

11 – Eurocopa

Foto: Reprodução

Começa hoje com o jogo Alemanha x Escócia. Repito: uma Eurocopa é como uma Copa do Mundo de Futebol sem a participação das seleções da Argentina e do Brasil. É muito mais difícil de se conseguir um título do que a taça de uma Copa América. Se você escolher um time de onze melhores: tire Vinicius e Messi, os outros nove serão europeus.

Tens dúvidas?

 

12 – Cristiano Ronaldo

Foto: Reprodução

Com os dois gols contra a Irlanda no amistoso da seleção portuguesa, na segunda-feira, Cristiano Ronaldo se torna único: jogador com mais gols em jogos oficiais na história do futebol mundial, porque até agora marcou – 1226.

E nenhum pela seleção do exército.

 

13 – Centenário

O time do Bairro da Figueira – o Figueirense comemorou 103 anos. Fico imaginando como era a cidade, o bairro, sua gente vivendo em função do porto, espremido entre o morro do cemitério, observando as carroças carregadas de terra do cemitério,descendo a ladeira da hoje Rua Conselheiro Mafra em direção ao aterro do Largo 13 de Maio. Gente que acreditou criando um time de futebol, que se transformou em um clube e, que hoje seus falsos adeptos despejam dúvidas de que o futuro radioso não seja possível.

Vão se catar!

 

Fim

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Finais, confiança e sonhos

1 – Porque não se calou Depois que anunciar o desejo de contar com reforços, no dia 14 de junho, Dal Pozzo quebrou a confiança

Caráter, ganhar e canteiro

1 – Jogo para ganhar  O jogo de hoje do Avaí contra o Novorizontino, na Ressacada, às 20h, com frio e chuva é para ganhar.

Heróis, gramado e medo

1 – Venceu O Criciúma jogando, ontem à noite, no Heriberto Hülse – com mais de 12 mil pessoas no estádio, derrotou ao Cruzeiro por

Imitação, Brilho e futebol

1 – Avaí 1 x 1 Amazonas  Saiu perdendo, empatou no final do primeiro tempo. No meio do segundo teve um pênalti a seu favor

A Euro, Brasil e o frio

1 – A Eurocopa É um Mundial sem Brasil e Argentina e que segue neste sábado, quando iniciam os jogos das quartas de final, com

Copa, Figueira e Vagner Love

1 – Seleção e Dorival Como ele preconizou: Endrick ficará no banco porque: “Tem que ir devagar”. Mas se estiver perdendo, Dorival ira apelar para Endrick.

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Bola, vitória e sofrer

1 – Sofrimento Há um ditado espanhol que diz o seguinte: “Ninguém é feliz sem sofrer”. Que sofrimento sentiu a torcida do Avaí na sexta-feira

Devagar, bolinho e mulheres

1 – A seleção de Dorival Júnior terminou as experiências que fez com a seleção brasileira de futebol durante os quatro jogos de preparação para

Público, Endrick e bobagens

1 – Público a mentira Público até agora do Figueirense, na metade do ano é de 25.152 pagantes, se multiplicarmos o custo médio do ingresso

Finais, confiança e sonhos

1 – Porque não se calou Depois que anunciar o desejo de contar com reforços, no dia 14 de junho, Dal Pozzo quebrou a confiança

Caráter, ganhar e canteiro

1 – Jogo para ganhar  O jogo de hoje do Avaí contra o Novorizontino, na Ressacada, às 20h, com frio e chuva é para ganhar.

Heróis, gramado e medo

1 – Venceu O Criciúma jogando, ontem à noite, no Heriberto Hülse – com mais de 12 mil pessoas no estádio, derrotou ao Cruzeiro por

Imitação, Brilho e futebol

1 – Avaí 1 x 1 Amazonas  Saiu perdendo, empatou no final do primeiro tempo. No meio do segundo teve um pênalti a seu favor

A Euro, Brasil e o frio

1 – A Eurocopa É um Mundial sem Brasil e Argentina e que segue neste sábado, quando iniciam os jogos das quartas de final, com

Copa, Figueira e Vagner Love

1 – Seleção e Dorival Como ele preconizou: Endrick ficará no banco porque: “Tem que ir devagar”. Mas se estiver perdendo, Dorival ira apelar para Endrick.

Invicto e Inter lota Scarpelli

1 – Presidente de clube Não pode se comportar como torcedor, como fez o presidente Júlio Heerdt do Avaí, criticando o gramado do estádio do

Bola, vitória e sofrer

1 – Sofrimento Há um ditado espanhol que diz o seguinte: “Ninguém é feliz sem sofrer”. Que sofrimento sentiu a torcida do Avaí na sexta-feira

Devagar, bolinho e mulheres

1 – A seleção de Dorival Júnior terminou as experiências que fez com a seleção brasileira de futebol durante os quatro jogos de preparação para

Público, Endrick e bobagens

1 – Público a mentira Público até agora do Figueirense, na metade do ano é de 25.152 pagantes, se multiplicarmos o custo médio do ingresso