Portal Making Of

A picaretagem está no ar

A Netflix apresenta documentário em três capítulos contanto a história de jovens norte-americanos que criaram uma empresa fictícia de bitcoins chamada Centra Tech. Narrada por um dos criadores, Ray Trapani, assumidamente picareta, ficamos sabendo como eles tiveram a ideia genial de criar cartões de débito para que os portadores pudessem gastar diretamente suas critpmoedas sem intermediações e sem dinheiro papel.

Eles chegaram a divulgar cartões fakes  Visa e Mastercard. O esquema estourou justamente quando essas empresas disseram que não tinham nada a ver com a Centra.

Golpes com bitcoins também foram  aplicados por aqui, com uma diferença: no caso Centra, as personalidades que divulgaram o esquema, o boxeador Floyd Mayweather e o DJ Khaled, foram multados em 150 mil e 50 mil dólares, respectivamente.

Aqui, artistas como Tatá Werneck, Cauã Raymond e o apresentador Mardelo Tas se livraram de processo semelhante. Os dois primeiros estão até processando a empresa Atlas pelo uso indevido da imagem deles. O rombo da Atlas foi de 7 bilhões de reais.

E quem foi lesado, até agora, ficou sem o dinheiro que “investiu”.

 

Olha aí…

Ninguém deve impedir o crescimento profissional dos outros, mas em algum momento é preciso reter talentos para valorizar a equipe

Nos últimos meses, a NSC ficou sem Duda Dalponte e Jéssica Cescon que foram para a SporTV e, mais recente, o jovem Heitor Machado contratado pela RPC do Paraná.

Duda Dalponte, Jéssica Cescon e Heitor Machado (Fotos: Reprodução/Instagram)

Depois de perdas, a rádio CBN mira no concorrente para repor os profissionais, como agora que foi buscar o repórter Marcos Cassetari, ex-Jovem Pan. É mais fácil do que formar.

Marcos Cassetari (Foto: Reprodução/Instagram)

 

 

Camiseta

Foto: Reprodução/Twitter

Como fez anteriormente ao buscar Zé Maia, também na Jovem Pan. Aliás, na semana passada ele foi motivo de debate nas redes sociais locais de torcedores, a partir de uma foto publicada pela torcida do Avaí em que ele usa uma camiseta do Figueirense.

 

 

É uma maldade, obviamente, mas é preciso ter cuidado com as questões que envolvem os sentimentos dos torcedores. Todo mundo tem simpatia por um time, obviamente, mas é preciso resguardar-se sobre isso.

Uma fofoca desse tipo abreviou a carreira da apresentadora esportiva, Alessandra Flores, cujo marido era diretor de marketing do Figueirense. Havia a suspeita não comprovada de que havia uma triangulação de informações de bastidores, envolvendo também outro profissional da CBN.

 

Cesar

É aquela manjada história de que à mulher de César não basta ser, tem que parecer.

 

Não gostou

Corredores ventosos no Morro da Cruz espalham a boca pequena reclamação contra jornalista por parte de dono de poderosa verba publicitária inconformado com o que leu.

O profissional foi colocado no limbo.

Reclamar faz parte do processo e os jornalistas estão acostumados. Aceitar a reclamação pode revelar subserviência.

 

Design

Foto: Reprodução/Freepik

Aguardem para breve o novo visual do Portal Making Of, mais leve e moderno, mais fácil de curtir.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Um tiro na eleição americana

Logo após o tiro de AR-15 ter acertado a orelha direita de Donal Trump em comício ontem, 13, em Butler, Estados Unidos, começaram as interpretações

Ibope de rádio: sigam os líderes

A mais recente pesquisa Kantar Ibope de rádio, considerando os meses de maio e junho, mostra que as líderes não foram incomodadas em suas posições.

Eliana chama patrocinadores

Já se viu de tudo em relação a patrocinadores, pois afinal são eles que garantem a existência de conteúdos. Mas acabamos de descobrir que existe

Caça aos cliques

Os portais de internet, dos pequenos aos grandes, se dedicam a técnicas para sensibilizar a busca no Google e impactar as métricas de audiência. São

TV Gaúcha x TV Guaíba

Antônio Britto, jornalista, ex-governador e ex-ministro da previdência, colega dos primeiros anos de profissão, lembrou em recente vídeo sua contratação pela TV Gaúcha em 1978.

Globo erra na escala de narradora

A web pode ser cruel para quem desempenha atividade pública e está exposto a avaliações nem sempre procedentes. Foi o que aconteceu com a narradora

O rádio vive

A coluna, sempre que possível, gosta de acompanhar a audiência de rádio. Embora não sejam dados superlativos como entre os portais de internet, revelam a

Ídolos de barro

Difícil ter ídolos hoje em dia. Na música a safra é terrível. Com raras exceções, as letras são pobres, óbvias, cantoras se destacam pelas roupas

Uma opinião isenta, por favor

Está cada vez mais difícil encontrar uma opinião isenta sobre fatos do nosso dia a dia. Nunca se sabe se opinião que lemos ou escutamos

Um tiro na eleição americana

Logo após o tiro de AR-15 ter acertado a orelha direita de Donal Trump em comício ontem, 13, em Butler, Estados Unidos, começaram as interpretações

Ibope de rádio: sigam os líderes

A mais recente pesquisa Kantar Ibope de rádio, considerando os meses de maio e junho, mostra que as líderes não foram incomodadas em suas posições.

Eliana chama patrocinadores

Já se viu de tudo em relação a patrocinadores, pois afinal são eles que garantem a existência de conteúdos. Mas acabamos de descobrir que existe

Caça aos cliques

Os portais de internet, dos pequenos aos grandes, se dedicam a técnicas para sensibilizar a busca no Google e impactar as métricas de audiência. São

TV Gaúcha x TV Guaíba

Antônio Britto, jornalista, ex-governador e ex-ministro da previdência, colega dos primeiros anos de profissão, lembrou em recente vídeo sua contratação pela TV Gaúcha em 1978.

Globo erra na escala de narradora

A web pode ser cruel para quem desempenha atividade pública e está exposto a avaliações nem sempre procedentes. Foi o que aconteceu com a narradora

O rádio vive

A coluna, sempre que possível, gosta de acompanhar a audiência de rádio. Embora não sejam dados superlativos como entre os portais de internet, revelam a

Ídolos de barro

Difícil ter ídolos hoje em dia. Na música a safra é terrível. Com raras exceções, as letras são pobres, óbvias, cantoras se destacam pelas roupas

Uma opinião isenta, por favor

Está cada vez mais difícil encontrar uma opinião isenta sobre fatos do nosso dia a dia. Nunca se sabe se opinião que lemos ou escutamos