17.3 C
fpolis
17.3 C
fpolis
terça-feira, 16 agosto, 2022

FORTE SANTANA, UM PATRIMÔNIO COM VIDA NOVA

foto/DIVULGAÇÃO
Últimas notícias

É quase um ato de magia, que devolve ao presente o legado do passado. Toda vez que um patrimônio histórico é recuperado é como se a cidade desse um profundo respiro para preservar sua identidade. Aos mais velhos o respeito pelo que muitos viram nascer e aos mais jovens o registro de suas origens. Ganham os moradores que podem ter orgulho de suas tradições e os visitantes que vão entender melhor o lugar que escolheram para conhecer.

A revitalização e entrega à cidade do Forte Santana, sob a Ponte Hercílio Luz, em Florianópolis, é um desses momentos que ficam marcados pela iniciativa de manter viva a história, o legado para as futuras gerações e mostrar uma cidade que dá importância ao seu patrimônio, que afinal pertence a todos nós.

A intervenção e restauração foram coordenadas pelo IPHAN – Instituto do Patrimônio Artístico Nacional – ao custo de dois milhões de reais, através do Fundo de Defesa dos Direitos Difusos, do Ministério da Justiça. Além de oferecer uma vista deslumbrante das cabeceiras da Ponte Hercílio Luz e o encontro das Baías Norte e Sul, toda a edificação poderá abrigar eventos culturais e gastronômicos, sem deixar de lado a própria história da edificação como uma das fortalezas de defesa da cidade.

A obra restaurou a edificação de forma integral, com sanitários, novas instalações elétricas e iluminação cênica. No entorno foi feita uma praça que possibilita chegar ao Forte Santana por rampas acessíveis e escadarias.

Tombado pelo IPHAN, o Forte existe desde 1761, criado para proteger a então Vila Nossa Senhora do Desterro, atual Florianópolis, de possíveis invasões. Hoje, a estrutura de defesa, agora restaurada, pode ser um lugar de encontro de todos e no dia certo, o pôr do sol vai nos encher de esperança para que mais patrimônios da cidade também sejam valorizados e guardados para o futuro.

FORTE SANTANA – Florianópolis/SC

 

O DIA DA BALEEIRA

E por falar em tradição, patrimônio, legado e história, Florianópolis ganhou um dia dedicado à baleeira. Agora é lei: 18 de dezembro passa a ser comemorado o Dia Municipal da Baleeira. A proposta partiu da equipe do projeto Baleeiras da Ilha e foi apresentada como projeto de lei na Câmara de Vereadores, aprovado e sancionado no final do mês passado.

A baleeira é uma embarcação típica do litoral catarinense que corre o sério risco de extinção, já que vem sendo cada vez menos utilizada e construída. “O Dia Municipal da Baleeira foi a forma que encontramos de reconhecer o valor desta embarcação, dedicando uma data especial no calendário anual para a sociedade discutir o passado, o presente e o futuro desta manifestação cultural tão importante para a história de Florianópolis e dos florianopolitanos”, relata Luciano Luiz Dias, técnico em construção naval e membro da equipe do projeto Baleeiras da Ilha.

O dia 18 de dezembro foi escolhido para comemorar o Dia da Baleeira em homenagem ao nascimento, em 1929, de seu Alécio Heidenreich, tradicional construtor de baleeiras do Ribeirão da Ilha.

A baleeira é feita em madeira e seu casco se difere de outras embarcações construídas no mesmo material por ser arredondado e com táboas que se sobrepõem, imitando escamas. Seu formato e modo de construção faz dela uma embarcação veloz e fácil de manobrar.

A segurança ao navegar é também um diferencial, tanto para pescaria como para passeio. É um barco ao mesmo tempo rústico, valente e belo.

O site baleeirasdailha.pmf.sc.gov.br, reúne fotos e histórias das baleeiras que ainda resistem em Florianópolis. Nas relatos é possível ver a sensibilidade dos proprietários ao risco de sumiço da baleeira e a admiração de cada um pelas suas características únicas.

Foto CRISTINA GALLO

 

CINEMA DO BRASIL NA LAGOA

O cinema vai movimentar a Lagoa da Conceição na próxima semana. Entre os dias 13 e 16 de julho será realizada a Quarta Mostra de Cinema Brasil, organizada pelo Instituto Nação Brasil. De graça e a céu aberto, os filmes serão exibidos na Praça da Lagoa, lugar onde tradicionalmente a cultura tem espaços para muitas atividades.

Além das sessões de cinema, serão realizados debates e uma oficina especial com o diretor Jeferson De, na Casa das Máquinas na Lagoa. Jeferson De é o criador do movimento Dogma Feijoada, que inclui profissionais negros no audiovisual nacional. Ele é também um dos diretores da novela Além da ilusão, da TV Globo, e acaba de ser indicado e anunciado, juntamente, com Selton Melo, entre os convidados brasileiros para participar da Academia de Artes e Ciências Cinematográficas de Hollywood. Também vão ministrar oficinas os paulistas Fernandinho Beat Box e Pelezinho, sobre Hip Hop. As inscrições gratuitas podem ser feitas no site www.mostrabrasildecinema.com.br

Cineasta JEFERSON D

Sobre a mostra de filmes, grandes obras serão exibidas como Medida Provisória, A Última Floresta, Marighela, Marginal Alado. A programação completa, horários e convidados para os debates estão no site oficial do evento www.mostrabrasildecinema.com.br. No encerramento da mostra o show será com a Banda Cores de Aidê.

Os filmes da Mostra de Cinema Brasil – Lagoa da Conceição/Florianópolis

CORAÇÃO ALADO

O poeta, escritor e artista visual paranaense Luiz Arthur Montes Ribeiro faz nesta semana (08 de Julho) o lançamento e exposição do livro “Corações Alados”, com sessão de autógrafos. O evento é uma parceria com o Instituto Montes Ribeiro e Café del Mar, de Florianópolis.

A exposição permanecerá aberta até 8 de agosto no Café del Mar, que fica na Rua Maestro Tullo Cavalazzi, no Centro.

Poeta, escritor e artista visual LUIZ ARTHUR RIBEIRO

 

O DANÇAR NA VIDA DA CRIANÇA

E quanto mais livros, e variados conteúdos, mais o leitor ganha. No dia 8 de Julho, no Memorial Meyer Filho, em Florianópolis, será lançado o livro “Corpo, Corpo meu”. Encantar e fazer pensar é tudo o que desejam os autores Jussara Xavier (texto) e Roberto Gorgati (ilustrador). Com incentivo do Edital Elisabete Anderle, a publicação ganha versão impressa e um e-book que podem ser acessados gratuitamente. Além de Florianópolis, o livro será lançado também em Blumenau, Canelinha , Joinville e São Miguel do Oeste. Voltado a crianças entre quatro e 12 anos, o livro traz conceitos e características da dança contemporânea com plena sintonia entre o visual e o verbal.

_________________________________

Até a próxima semana.
@anselmoprada no Instagram

Anselmo Prada
Jornalista, produtor e gestor de conteúdo, pessoas e eventos. Foi repórter, editor, coordenador de reportagem, editor-chefe do Jornal do Almoço, chefe de redação da RBS TV e gerente de programação NSC/Globo em Santa Catarina. Além do jornalismo, desenvolveu e dirigiu diversos projetos de entretenimento para a televisão. Com carreira destacada na comunicação catarinense, se interessa com mais profundidade sobre o que fazem as pessoas, em todas as áreas, como elas mostram suas particularidades, desenvolvem seus projetos, criam oportunidades, oferecem ajuda aos outros e como estão inseridas dentro da imensa diversidade de um mundo cada vez mais plural. Um observador da vida, buscando histórias e percebendo o que existe de único e inspirador em cada pessoa ou lugar. No Portal Making Of traz semanalmente os destaques de gente e lugares que estão em conexão com o tempo e preparando o futuro. Contato: e-mail pradafloripa1@gmail.com, WhatsApp (48)99163-6710 e Instagram @anselmoprada.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Você já foi ao Festival Nacional da Truta na Serra Catarinense?

Se ainda não conhece, esse é um dos festivais gastronômicos mais esperados da nossa região serrana. Vem aí a...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }