14.2 C
fpolis
14.2 C
fpolis
domingo, 3 julho, 2022

TUM Sound Festival e a importância da cultura pós-pandemia

Últimas notícias
TUM Sound Festival e a importância da cultura pós-pandemia

A noite de ontem foi muito especial! Uma festa linda, um astral contagiante e a esperança de dias melhores, com muita cultura e arte. Afinal, “música é a resposta” – diz o slogan. O TUM vem aí e cada vez mais encorpado, o movimento ganha força, agrega parcerias e fomenta a cadeia musical de SC com veemência. Na foto de capa, produtora Ivanna Tolotti e Ricardo Rosa, sócio proprietário da Cervejaria Kairós, um dos entusiastas e apoiadores do festival.

Músicos, autoridades, artistas, jornalistas e amantes da música participaram nessa quinta-feira (28/10) do lançamento da quarta edição do TUM Sound Festival – Música, Inovação e Empreendedorismo. O evento, agendado para os dias 12, 13 e 14 de novembro, vai ter a participação de profissionais de 20 estados brasileiros e de seis países e uma programação que inclui shows, workshops, palestras e rodadas de negócios promovidos em parceria com o Sebrae- SC.

Idealizadora do festival, produtora Ivanna Tolotti destacou a importância do estímulo à economia criativa no momento de retomada pós-pandemia. “A atividade econômica associada à cultura vinha aumentar crescimento em todo o mundo nos últimos anos. O movimento perda intensidade por um tempo com o surgimento da Covid 19, mas há consenso de que após a retomada da normalidade o setor vai deslanchar no exterior e também aqui no Brasil ”.

Ela lembrou o fato de que a ONU definiu 2021 como o Ano Internacional da Economia Criativa para o Desenvolvimento Sustentável. “No último ano e meio como as pessoas percebem como uma cultura é essencial para a qualidade de vida, o que terá efeitos duradouros e positivos para o setor. Com o TUM, queremos fazer parte desse movimento de retomada ”. 

O mercado musical brasileiro é diversificado, gera muitos empregos e tem grande número de talentos à espera de oportunidades. O edital de seleção de bandas para o TUM 2021, por exemplo, teve 657 inscritos – e 16 artistas vão se apresentar nos três dias do evento. “Todo o esforço para fortalecer a cadeia produtiva, incentivar esse mercado e gerar mais oportunidades de visibilidade para bandas e cantores é importante”, diz Ivanna, que se destaca o papel de parceiros como o Sebrae no incentivo à profissionalização do setor.

Representantes do setor público, como o superintendente da Fundação Cultural de Florianópolis Franklin Cascaes, Fábio Botelho, e o presidente da Fundação Catarinense de Cultura (FCC), Edson Lemos, lembraram da importância do apoio público ao setor cultural e aos artistas. Há semanas o Governo estadual lançado o SC Mais Cultura, que prevê uma série de ações para a área – entre elas, o Programa de Incentivo à Cultura (PIC), também chamado Lei do Mecenato, que pode garantir investimentos de R $ 75 milhões no setor só esse ano.

 

Oi, TUM, bate coração!

 Na foto, o superintendente da Fundação Franklin Cascaes, Fábio Botelho, com a produtora Ivanna Tolotti no evento de lançamento da quarta edição do TUM Sound Festival, agendado para os dias 12, 13 e 14 de novembro no Sebrae, na SC 401.

 

Juntos pela música

Teve show e agradecimentos, reconhecimentos e reconhecimentos. A galera não é fraca! Nunes, Jesus Lumma, Irmão na percussão … TUM fala de música, mas também de coração! Parabéns a todos que fazem o som desse TUM ecoar!

 

Parceria forte

Aprovado pela Lei Municipal de Incentivo à Cultura, o TUM tem patrocínio da Prefeitura de Florianópolis e apoio do Ibagy, do Sebrae SC e da Palco MP3. Na foto, Ivanna com a diretora de marketing,  Luciane Ibagy.

*****

 

O pioneirismo delas

Pioneiras na abertura de espaços para as mulheres na OAB, as advogadas Solange Pirajá e Claudia Prudêncio tiveram um lindo encontro esta semana. Liderança feminina que se tornou ícone para as mulheres advogadas, Solange chamada Claudia para manifestar apoio ao seu nome para uma presidência da OAB / SC.

Ela foi a primeira mulher a presidir na Caixa de Assistência dos Advogados de Santa Catarina, entre 1985 e 1987, cargo agora ocupado por Claudia, que se tornou a segunda liderança feminina a exercer a função em 73 anos de história da instituição, e pode ser a primeira mulher a presidir a OAB / SC.

“Ela foi uma das minhas principais referências na presidência da CAASC, uma enorme fonte de inspiração”, destaca Claudia, que concorre ao pleito que será realizada no dia 25 de novembro, após ter seu nome homologado por mais de 500 lideranças da advocacia de todo o Estado.

Só eu que achei elas super parecidas, gente?

*****

 

Camerata volta aos palcos

 

Com regência do maestro Jeferson Della Rocca e solos de Carla Domingues e Érico Schmitt, a Camerata Florianópolis apresenta “Concerto Erudito”, um dos seus mais bonitos espetáculos, com músicas de Mozart, Tchaikowsky e Dvorak. Vai ser no CIC no dia 5 de novembro às 20h.

*****

 

Acervo virtual

Fazer um resgate de exposições, sejam individuais ou coletivas, que passaram pela Fundação Cultural BADESC, é o objetivo do Acervo Virtual, um espaço que integra o site da instituição. E neste ano já foram apresentadas uma dezena de mostras na página, que a partir das 19h de 30 de outubro, vai ganhar mais 60 novas, que contemplam 259 artistas nacionais e internacionais.

O processo de catalogação das páginas, que levou mais de um ano, foi coordenado pela arte educadora, Carolina Ramos. “Foi um trabalho de levantamento de dados e organização fotográfica, que só foi possível graças aos artistas e ao cuidado das pessoas que passaram pela Casa, e que se preocuparam em manter esse vasto registro das exposições realizadas ao longo desses 15 anos”, destaca Carolina.

Exposição Memórias Sairómem de Juliano Zanotelli é uma das páginas do acervo que faz parte da reformulação do site realizada ao longo do ano de 2020 e conta agora com mais de 140 exposições. “A equipe da Fundação segue o trabalho de reunir fotografias e textos de outras mostras com o objetivo de possibilitar que mais pessoas tenham acesso e possam ver os trabalhos e artistas que passaram por aqui”, compartilha a arte educadora.

 

Prêmio AF de Arte Contemporânea 2021

Segue aberta para visitação, até 11 de novembro, a exposição coletiva do Prêmio AF de Arte Contemporânea 2021 com trabalhos dos artistas Diego de los Campos, Fran Favero e Gabi Bresola. Os três são os finalistas da oitava edição do Prêmio. A artista Gabi Bresola foi a vencedora desta edição e fará uma residência artística de três meses na Cité Internationale des Arts, em Paris.

*****              

 

Tocando o terror

 

O Hallowen invadiu muitas empresas e a Clincard, empresa da Palhoça, não ficou de fora dessa festa. As colaboradoras, assombraram os corredores e abusaram dos adereços, fazem e fantasias, tudo com muita originalidade.

*****

 

Vacina do HPV na prevenção ao câncer

Outubro Rosa chega ao fim, e serve de alerta sobre a existência de inúmeros tipos de câncer que são tão perigosos quanto o câncer de mama, o mais comum no Brasil entre as mulheres. O melhor, é saber que alguns têm prevenção por meio de uma vacina.

Estamos falando do câncer do colo do útero, da vulva e vagina, e do ânus. São mais raros, porém existem e podem agravar se não forem tratados. Cerca de 16 mil casos de câncer de colo de útero são diagnosticados todos os anos no Brasil, praticamente 100% são causados pelo HPV. A infecção pelo papiloma vírus humano, o HPV, atinge homens e mulheres, são mais de 150 tipos. Mas com a Vacina é possível combater e prevenir as doenças causadas por ele, inclusive o Câncer. Ela é distribuída na rede pública pelo SUS, e na rede particular em clínicas de imunização, e deve ser tomada por meninas e meninos, homens e mulheres.

Na Primme Vacinas, que tem salas de imunização em Florianópolis, São José, Palhoça e Balneário Camboriú, a aplicação é realizada para meninos e meninas entre 9 e 26 anos de idade, com a vacina nonavalente. Para meninas e mulheres entre 9 e 45 anos de idade, se for a vacina quadrivalente. Para meninos e homens entre 9 e 26 anos de idade, com a vacina quadrivalente. A enfermeira Amanda Fernandes reforça a importância dessa vacinação.

“Ainda pouco conhecida, a Vacina do HPV ajuda o corpo a produzir os anticorpos necessários para combater o vírus e assim, caso a pessoa seja infectada, ela não desenvolve a doença, pois está protegida”, explica Amanda.

Melhor do que tratar a doença, prevenir. Sempre é tempo de cuidar da saúde, converse com um médico, peça orientações, e se proteja. A doença não escolhe classe social, e a saúde não pode esperar.

 

Equipe Primme Vacinas vestidas à caràter

Yula Jorge
Jornalista graduada pela UFSC. Antes disso estudou e viveu quatro anos entre o Canadá e os Estados Unidos e quando retornou a sua terra natal, Goiânia, graduou-se pela PUC em Secretariado Bilíngue. Logo mudou-se para Florianópolis, ingressou na Universidade Federal, e da ilha não saiu mais. Atua como colunista desde 2012, assinou uma coluna diária no jornal Notícias do Dia por alguns anos, e, paralelamente, foi repórter da RICTV Record e Record News. Traz todos os dias o que rola de especial em Floripa e Santa Catarina: sobre quem acontece, empreende, se engaja em causas legais. O que inaugura, as festas bombásticas, as melhores casas, restaurantes, os shows, as ações bacanas e o voluntariado.
Mais notícias para você
Últimas notícias

NSC anuncia substitutas de Adriana Krauss no JA Blumenau

A NSC anunciou as substitutas de Adriana Krauss na apresentação e coordenação do Jornal do Almoço Blumenau. Adriana deixou...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }