Portal Making Of

Questionamento Ético

Foto: Jorginho Mello e Filipe Mello / crédito: reprodução

A nomeação de Filipe Mello, filho do governador Jorginho Mello, como Secretário da Casa Civil em Santa Catarina, tem gerado preocupações sobre a transparência na gestão pública. Embora a legislação não proíba explicitamente a nomeação de parentes para cargos políticos, a decisão levanta questionamentos sobre a imparcialidade na escolha de membros do governo. Filipe Mello, advogado com experiência em cargos públicos, assume uma posição de destaque, suscitando debates sobre ética e eficácia nas nomeações. Ontem (04.01) o PSOL ingressou com mandado de segurança no Tribunal de Justiça de Santa Catarina – TJSC, fundamentando-se no decreto 1.836/2008, assinado pelo então governador Luiz Henrique da Silveira, que proíbe ao governador nomear seus familiares até o terceiro grau, além da súmula n.º 13 do Superior Tribunal Federal – STF. Na noite de ontem a Justiça concedeu uma medida liminar impedindo o governador de nomear seu filho, intensificando o debate sobre nepotismo e exigindo esclarecimentos por parte do governo. Entre os prós e os contras fica a certeza que a opinião pública favorável não é um objetivo do atual Governo, pelo menos em relação à nomeação realizada. E você o que pensa disso?

Foto: Investimento da JBS de R$ 194 milhões em Itaiópolis (imagem acima) / Foto: divulgação.

Novos investimentos. A JBS, uma das maiores empresas de alimentos do mundo, está concluindo investimentos expressivos, totalizando R$ 570 milhões, para a construção de três novas fábricas de ração nas cidades de Seberi (RS), Santo Inácio (PR) e Itaiópolis (SC), na região Sul do Brasil. Essas instalações, destinadas a impulsionar o crescimento da Seara, apresentam uma capacidade produtiva combinada superior a 1 milhão de toneladas/ano, representando um marco significativo no fornecimento de insumos para a empresa. O investimento de R$ 194 milhões em Itaiópolis, Santa Catarina, engloba a construção de um complexo com duas fábricas, gerando mais de 300 postos de trabalho na região. Equipadas com tecnologia de ponta em automação, as novas fábricas demonstram o compromisso contínuo da JBS com a ampliação da capacidade de produção. O presidente da Seara, João Campos, destaca o esforço para fortalecer a presença da empresa nas cidades, reforçando o compromisso com o desenvolvimento socioeconômico das regiões. Os investimentos não apenas impulsionam a produção de ração, mas também contribuem para a geração de empregos, com mais de 300 novos postos de trabalho sendo criados com o início das operações dessas fábricas.

 

Foto: O engenheiro agrônomo Fabio Búrigo Zanuzzi foi empossado pelo Conselho Deliberativo do Sebrae/SC como diretor técnico da instituição / Crédito: divulgação.

Foco nos pequenos.  Fabio Búrigo Zanuzzi assume oficialmente como diretor técnico do Sebrae/SC em uma cerimônia realizada na manhã de quinta-feira, 4 de janeiro, com a presença restrita de membros do Conselho Deliberativo e da diretoria executiva da instituição. Durante a solenidade, Zanuzzi ressalta o desenvolvimento territorial como uma prioridade em sua gestão, destacando a importância de entender as vocações e necessidades dos territórios para desenvolver estratégias integradas. Ele enfatiza o compromisso com o atendimento ao empresário, a educação empreendedora e a valorização das regionais do Sebrae para facilitar o acesso dos empreendedores aos serviços. Além disso, destaca o foco no fortalecimento de projetos setoriais, o relacionamento com a governança catarinense e o estímulo à inovação e sustentabilidade nos pequenos negócios. Zanuzzi assume o cargo com a missão de contribuir para tornar o Sebrae/SC um dos melhores lugares para se trabalhar no Estado, alinhado com as metas do Conselho Deliberativo e da diretoria executiva.

 

Foto: UFSC – Campus de Blumenau / Crédito: divulgação.

UFSC Blumenau. No fechamento de 2023, em 28 de dezembro, a UFSC oficializou o contrato de locação para a nova sede do Campus de Blumenau, na Rua Eng. Udo Deeke, 485. Com 13.920,05 m² em três edificações no mesmo terreno, destacam-se prédios de dois e cinco pavimentos, além do Teatro Michelangelo. A estrutura conta com 395 vagas de estacionamento e um contrato de locação para 60 meses. A mudança duplicará a área construída, gerando uma economia para a Instituição. O aluguel mensal de R$ 180 mil contrasta favoravelmente com os atuais R$ 202.384,06, para uma área de 6.614,26 m². O diretor da UFSC Blumenau, Adriano Péres, enfatiza os benefícios econômicos, destacando a integração em um verdadeiro campus universitário, uma quadra coberta para esportes, e o Teatro Michelangelo, com capacidade para quase 1.200 pessoas, prometendo ser palco de eventos marcantes, como formaturas, seminários e congressos.

 

Foto: Réveillon de Florianópolis vista da beira-mar continental / Crédito: reprodução.

A virada flopou? O Réveillon organizado pela Prefeitura de Florianópolis em 2023 trouxe inovações, mas também desafios e frustrações para os presentes. Com investimento de 3 milhões de reais, um aumento de 53% em relação ao ano anterior, a festa apresentou tecnologia com drones, pianista e bailarina suspensos, mas deixou a desejar para muitos espectadores que sentiram falta das tradicionais queimas de fogos. Além disso, a falta de atenção à projeção de imagens e a concentração excessiva na Beira Mar Norte levantam questionamentos sobre a distribuição equitativa de investimentos. Problemas como aglomerações, altos preços de estacionamento e falta de segurança na Praia do Campeche indicam a necessidade de uma abordagem mais abrangente e colaborativa. O prefeito, Topázio Neto, enfrenta o desafio de reconciliar inovação com a consideração dos contrapontos, enquanto a população anseia por festas bonitas e seguras em diferentes pontos da ilha. É importante investir no básico e considerar outros locais, além da Beira Mar Norte, para as celebrações futuras.

 

Comcap em Ação! A Comcap, sob constante escrutínio político, críticas e ameaças de privatização, demonstrou seu compromisso com a cidade ao recolher mais de 19 toneladas de lixo nas avenidas Beira-mar Norte e Continental após as festividades do Réveillon de Florianópolis. Em uma operação que envolveu 400 servidores, a limpeza abrangeu praias e ruas em toda a cidade, respondendo também às celebrações realizadas em Jurerê e Campeche. A eficiência da Comcap se destacou, especialmente durante a madrugada chuvosa, quando a menor presença de turistas facilitou a limpeza da orla.

 

Na foto: Iomani Engelmann, Gabriel Sant’Ana Palma Santos, Tarcisio Estefano Rosa, Sílvia Marafon, Thiago Jeremias, Roberto Kinceler M.Sc. e Ricardo Grassmann / Crédito: reprodução.

Fechando o ano a todo o vapor. A última semana do ano foi marcada por intensa atividade no ecossistema de inovação no setor elétrico. A realização de um encontro estratégico em parceria com a presidência da ACATE – Associação Catarinense de Tecnologia e a CELESC, reuniu membros da equipe de inovação, conselho e representantes da Vertical de Negócios Energia. O principal objetivo desse encontro foi aprimorar as conexões entre as oportunidades de inovação da CELESC e o dinâmico ambiente das startups. Em um diálogo colaborativo busca fortalecer os laços entre a empresa de energia e as iniciativas inovadoras, visando impulsionar avanços no setor elétrico.

 

Foto: Marcello Casal Jr/Agência Brasi/Arquivo

Indicadores econômicos & tendências. No primeiro Boletim Técnico Focus de 2024, o Banco Central do Brasil apresentou indicadores econômicos. O destaque inclui uma revisão para baixo na projeção de crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) brasileiro para 1,5%, refletindo a desaceleração econômica, influenciada pela guerra na Ucrânia e pela política fiscal restritiva. Quanto à inflação, encerrando 2023 em 10,06%, projeta-se um índice de 7,2% para 2024, com a possibilidade de alta no primeiro semestre. O câmbio, marcado pelo dólar em R$ 5,63 em 2023, é estimado em R$ 5,30 para 2024, podendo manter-se em alta no início do ano. A taxa Selic, atingindo 10,75% em 2023, é projetada para 9,0% em 2024, com expectativa de possível aumento nos primeiros meses. O Boletim também aborda perspectivas para o mercado de trabalho, o setor externo e a dívida pública brasileira. Esses indicadores delineiam um panorama desafiador, marcado por incertezas globais e medidas para conter a inflação.

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Troca de Comando

Vanir Zanatta assume a presidência da Organização das Cooperativas do Estado de Santa Catarina – OCESC, destacando metas de internacionalização e fortalecimento político e institucional.

Impactos da interdição na BR-470

Impactos da interdição na BR-470. Em nota oficial, a Federação das Empresas de Transportes de Cargas e Logística no Estado de Santa Catarina (Fetrancesc) expressa

Prêmios e prisões agitam Santa Catarina

A Importância da escolha consciente nas eleições municipais Santa Catarina ganhou destaque nacional na última semana, porém, com notícias contrastantes. Enquanto os municípios de Treviso,