26.4 C
fpolis
26.4 C
fpolis
terça-feira, 30 janeiro, 2024

EM BUSCA DA PERFEIÇÃO

Últimas notícias

Qual a fórmula de um Gin Tônica perfeito? A Quintessential Brands, fabricante de destilados da Inglaterra, contratou uma cientista de alimentos para responder esta questão. Natalie Alibrandi estudou os diferentes ingredientes usados na elaboração do drink, acessórios e a forma de preparo e chegou a algumas conclusões:

GIN – Pra começar, gin não é tudo igual. Primeiro porque existem 8 variantes da bebida (London Dry, Old Tom, Navy Strenght, Plymouth, Contemporâneo, Genever, Sloe e Envelhecido). Cada um tem uma característica que o destaca. O London Dry, por exemplo, é o mais consumido, tem em torno de 40% de teor alcoólico. Já o Navy tem quase 60% de álcool por volume, e um sabor de zimbro muito mais forte.

A Coluna complementa: Além das diferentes características dos gins acima, há uma infinidade de possibilidade de combinação de botânicos durante a destilação. E essas diferentes combinações criam receitas únicas. Em linhas gerais dependendo os ingredientes utilizados o gin pode ter notas herbáceas (alecrim, manjericão, tomilho, etc), florais (rosas, flores do campo, etc), picantes (cardamomo, gengibre, pimenta, etc) ou cítricas (laranja, limão, grapefruit, etc). Essas características sensoriais interferem demais no resultado final do drink.

TAÇA – A ideal é a Balon (foto), que tem uma haste com mais de 9 centímetros e mantém as mãos afastadas do bojo – não interferindo na temperatura da bebida. Além disso a estrutura arredondada e funda mantém os aromas dos botânicos na taça, melhorando a experiência de degustação.

GELO – Outra dica da especialista é utilizar gelo “fresco”, produzido no dia. O formato ideal é o meia lua, produzido em máquinas de gelo utilizadas por bares e restaurantes. Por fim, o copo deve ter muuuuuuito gelo, para manter a temperatura do drink constante. A Coluna complementa: Água de torneira tem cloro, e gelo feito dessa forma pode alterar sutilmente o sabor do drink. Um filtro ou água mineral ajudam evitar este problema.

TEMPERATURA – Sua garrafa de gin fica no bar, aguardando o momento de preparar o G&T? A cientista de alimentos diz que isso é errado. Segundo ela o gin deve estar sempre no freezer a uma temperatura de -18 °C. A taça também deve ser refrigerada previamente, até -4 °C.

PROPORÇÃO – A receita perfeita pede uma medida exata, para não deixar o G&T aguado, ou alcoólico demais. Seria 1 dose de gin para 3 doses de tônica. Em uma taça grande isso representa 50 ml de gin para 150 ml de tônica.

ÁGUA TÔNICA – A recomendação da especialista é adquirir uma água tônica de qualidade, bem carbonatada (o que fica evidente pela quantidade de bolhas da bebida). “Um nível de carbonatação de 4,5 CO₂ é ideal, pois um valor mais baixo terá menor retenção de gás carbônico e perderá as bolhas. Isso vai permitir que o drinque tenha uma estabilidade prolongada, permitindo desfrutá-lo por mais tempo”, disse Natalie a um jornal inglês.

Outra recomendação é escolher tônicas acondicionadas em lata ou garrafa de vidro. As embaladas em garrafas plásticas podem ser aberta inúmeras vezes e perder o gás mais rapidamente. A água deve ser estar a 5°C e precisa ser servida delicadamente, para manter as bolhas. Misture a bebida com cuidado usando uma colher bailarina, para não dispersar o gás.

QUANDO E COMO – O momento de tomar o drink e a forma de consumo também interferem na experiência. A cientista desaconselha o uso de canudos e recomenda que o G&T seja consumido em um dia com clima ameno, por volta de 21 °C. Ela sugere que o drink seja consumido em até 30 minutos para manter o nível de carbonatação da água tônica, e evitar o descongelamento. Gelo derretido = drink aguado.

A Coluna complementa: Controle seu impulso de mixologista criativo/disruptivo e atente para as características do gin utilizado. Ou seja, um gin herbáceo pode receber um ramo de alecrim ou tomilho na decoração. Já um gin cítrico pode ser decorado com uma rodela de limão. E assim por diante. Na montagem do drink, menos é mais. Afinal, corre-se o risco de misturar sabores e aromas que podem não combinar entre si.

Bom drink. E se empregar alguma dessas dicas, não esqueça de dar um feedback para Coluna.

____

 

XÔ RESSACA

Gordon´s/Divulgação

A Gordon’s, pertencente a Diageo, acaba de lançar no mercado português um gin sem nadinha de álcool. A nova versão tem um sabor idêntico à receita tradicional, com destaque para o zimbro e notas cítricas. O material de divulgação diz que a bebida é “perfeita para aquelas saídas à noite com amigos em que somos os motoristas designados”.

Além do 0.0% a Gordon´s tem no portfólio outros três gins: London Dry; Premium Pink e Sicilian Lemon. A bebida está disponível em supermercados e lojas de bebidas com preço média de 15 dólares.

_____

 

PRÊMIOS

O O´Gin New Navy, produzido pela destilaria Don Lucchesi (MG), acaba de conquistar medalha de ouro e o título de melhor gin da América do Sul no Melbourne International Spirits Competition, realizado na Austrália. O gin, com 54% de teor alcoólico, soma agora oito medalhas no Brasil e exterior.

A Vibe, vodka da blumenauense Kalvelage, conquistou medalha de bronze no Los Angeles Spirits Awards. O concurso está na 3ª edição. Além da vodka blumenauense, três cachaças brasileiras receberam premiações no concurso.

Duas cervejas catarinenses estão entre as premiadas no World Beer Award, realizado em Londres. A Red Sonja, produzida em Jaraguá do Sul pela Stannis, foi reconhecida no estilo Pale Beer Amber. Já a Unika, de Rancho Queimado, recebeu medalha com a Catharina Sour de Cajú e Pitanga. Invicta, Noi e Wäls também receberam premiações. O evento reuniu mais de 3 mil amostras de todo o planeta.

_____

 

EXPERIÊNCIA ESPIRITUOSA

Diageo/Divulgação

A Diageo (Johnnie Walker, Tanqueray, Ciroc, Smirnoff, entre outros) e a Score Retail inauguraram uma loja da My Experience Bar em uma unidade da Rede Pão de Açúcar. A estrutura tem mobiliário customizados e muita tecnologia para guiar o consumidor na escolha da bebida ideal. As marcas explicam que o projeto pretende empregar experiências interativas e sensoriais na jornada de compra de destilados.

“Além das experiências, a loja terá drinks prontos para degustar e uma gift station, um espaço com sacolas exclusivas para tornar cada presente ainda mais especial. Pensamos em um ambiente capaz de mudar os hábitos dos consumidores, que podem enfim deixar de comprar produtos convencionais e optar por aqueles que tragam uma experiência mais personalizada”, conta Fabricio Klug, da Score Retail.

_____

 

CALOR EUROPEU

Ainda sob os efeitos de um verão com temperaturas acima da média, a Europa descobre que as bebidas preferidas para amenizar as altas temperaturas no continente são vinhos rosés (34%) e espumantes (30%). A pesquisa é da revista Drink Business que ouviu mais de 700 pessoas. O dado é confirmado por um aumento nas vendas destes produtos. Só a rede Majestic Wine registrou incremento de 49% entre junho e julho – no início do verão europeu.

_____

 

CHAMPAGNE: A COLHEITA

AFP/Reprodução

A região de Champagne, na França, termina na semana que vem (07/09) a colheita das uvas que vão ser usadas na fabricação do espumante mais famoso do mundo. O período de colheita dura exatas três semanas e o Réseau Matu, uma rede com centenas de produtores espalhados por uma região de 34 mil hectares, segue regras rígidas estabelecidas pelo Comitê Champagne, a entidade que atesta a qualidade do produto. A produtividade dos vinhedos é de 12 mil quilos por hectare, o melhor em mais de 15 anos.

Avatar photo
Jefferson Douglas da Silva
Jornalista com especialização em Gestão de Marcas, tem mais de 30 anos de experiência em telejornalismo, comunicação corporativa e governamental. Estuda o setor de bebidas desde 1995, tendo formação em coquetelaria (Senac), produção de cerveja artesanal (Escola Superior de Cerveja e Malte) e produção de gin (Inovbev/Esalq). É sommelier de cachaças (Inovbev/Esalq), sommelier de gins (Inovbev/Esalq) e vem se aperfeiçoando no setor de vinhos e espumantes (Enocultura/WSet). Desde 2018 escreve no Portal Making Of sobre ações de marketing do setor de bebidas, curiosidades do mercado (local, nacional e mundial) além de inovações e tendências na área de alcoholic beverages.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Parque temático com aventura pré-histórica é sucesso de público em Florianópolis

Opções de lazer para as crianças se divertirem com segurança? É no Floripa Shopping! O Parque temático Jurassic Land...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }