25.6 C
fpolis
25.6 C
fpolis
quarta-feira, 31 janeiro, 2024

300 ANOS NO COPO

Camparino/Reprodução
Últimas notícias

O italiano Salvatore Calabrese, considerado um mago da coquetelaria, teve o privilégio de preparar o drink com os ingredientes mais antigos do mundo. Pelo menos que se tem conhecimento.

Na comemoração do Negroni Week de 2015, misturou Campari e Vermuth, produzidos em 1920, com um gin de 1908. Ou seja, somadas as idades das três bebidas, era de aproximadamente três séculos. A ação foi resgatada esta semana, na #negroniweek, pela Mix O Logic, um perfil que divulga novidades e tendências do mundo da coquetelaria.

Campari/Reprodução

Por aqui a semana destinada a homenagear o Negroni está sendo marcada por uma ação digital da Campari. Quem comprar produtos da marca pelo e-commerce, ou consumir o drink em bares selecionados, vai receber NFT´s com peças de arte digital (foto). Quem reunir dois ou mais NFT´s diferentes vai ter acesso a brindes, principalmente acessórios de coquetelaria. A Negroni Week termina no domingo (18).

Lembrando que o Negroni assumiu este ano o posto de drink mais consumido do mundo, segundo a Drinks International e informado pela Coluna.

 

O CARA

Cobos/Divulgação

Paul Hobbs (foto) foi reconhecido como o Enólogo do Ano na 23ª Edição da Wine Enthusiast Annual Wine Star Awards.

Por ser um prêmio conduzido por uma revista norte-americana e com jurados norte-americanos, é natural que enólogos, empreendedores e marcas daquele país dominassem a premiação. E foi isso mesmo que ocorreu.

Mas alguns projetos sul-americanos acabaram premiados nesta edição do Wine Star Awards como a argentina Zucardi e a chilena Montes, na categoria Adegas do Ano no Novo Mundo.

Vale do Uco, na Argentina, foi reconhecida como região vinícola do ano, junto com Abruzzo (Itália), Marlborough (Nova Zelândia), Costa SLO e o Sul do Oregon (EUA).

 

BIOGRAFIA

Vina Cobos/Divulgação

A Coluna comentou acima sobre Paul Hobbs. Mas quem é esse cidadão? Para a revista Forbes ele é o “Steve Jobs dos vinhos”. Já para o crítico Robert Parker é a “Personalidade do Vinho no Ano” – e em duas oportunidades.

Para nós, consumidores, é importante saber que é o enólogo que transformou a casta francesa Malbec no ícone dos vinhos argentinos.

Hobbs passou por vinícolas consolidadas como Mondavi e Opus One, até implantar a própria estrutura na região de Russian River Valley, na Califórnia. Inquieto, tem projetos na França, Espanha, Armênia, Argentina, entre outros países.

Vina Cobos/Divulgação

Em 1997, com outros dois enólogos, começou o projeto da Vina Cobos. Especialista no uso de carvalho para envelhecimento da bebida Hobbs ajudou a projetar a Vina Cobos, que se tornou uma das mais conhecidas da Argentina e uma das mais visitadas na região de Mendoza. Os vinhos mais conhecidos da vinícola são das linhas Felino (de entrada), Bramare, Cobos e Cocodrilo (foto). E alguns deles fizeram história:

– Cobos Malbec Marchiori 2006 foi o primeiro vinho latino-americano a obter 99 pontos de Robert Parker/Wine Advocate (2008)

– Cobos Malbec Marchiori 2011 foi o primeiro vinho latino-americano a obter 100 pontos de James Suckling (2016)

– Cobos Volturno 2010 foi considerado o melhor vinho tinto do mundo pelos usuários da Vivino (2017)

 

NA EUROPA

Cerveja Blumenau/Divulgação

A cerveja Dona Patroa (foto), da Cervejaria Blumenau, conquistou medalha de bronze no European Beers Stars. O resultado do concurso saiu nessa quarta-feira (14) em Munique, Alemanha. A cerveja do estilo Grodziskie já havia conquistado ouro (e o título de melhor cerveja do Brasil) no Concurso Brasileiro de Cervejas, realizado em Blumenau, em março.

No total o Brasil conquistou quatro medalhas (as outras três ficaram com Bamberg, Dama Bier e St. Patrick´s). A Alemanha foi a maior vencedora do concurso (82 medalhas) com a Itália em segundo (35) e Estados Unidos (25) na terceira colocação.

 

É GOLPE!

Reprodução/Twitter

Os nomes da cervejaria Heineken e da Oktoberfest estão sendo usados por golpistas. A mensagem que tem circulado por grupos de WhatsApp é tentadora: uma geladeira cheinha de cerveja a quem responder rapidamente algumas perguntas.

O que o usuário empolgado não percebe é que, ao clicar no link, fica exposto e pode ter os dados pessoais roubados. O UOL fez uma reportagem a respeito que você deveria ler.

Avatar photo
Jefferson Douglas da Silva
Jornalista com especialização em Gestão de Marcas, tem mais de 30 anos de experiência em telejornalismo, comunicação corporativa e governamental. Estuda o setor de bebidas desde 1995, tendo formação em coquetelaria (Senac), produção de cerveja artesanal (Escola Superior de Cerveja e Malte) e produção de gin (Inovbev/Esalq). É sommelier de cachaças (Inovbev/Esalq), sommelier de gins (Inovbev/Esalq) e vem se aperfeiçoando no setor de vinhos e espumantes (Enocultura/WSet). Desde 2018 escreve no Portal Making Of sobre ações de marketing do setor de bebidas, curiosidades do mercado (local, nacional e mundial) além de inovações e tendências na área de alcoholic beverages.
Mais notícias para você
Últimas notícias

Ford anuncia Fernando e Sorocaba como novos embaixadores da marca no Brasil

A Ford firmou uma parceria com Fernando e Sorocaba, uma das duplas sertanejas de maior sucesso do Brasil, para...
.td-module-meta-info { font-family: 'Open Sans','Open Sans Regular',sans-serif; font-size: 14px !important; margin-bottom: 7px; line-height: 1; min-height: 17px; } .td-post-author-name { font-size: 14px !important; font-weight: 700; display: inline-block; position: relative; top: 2px; }