Portal Making Of

A ambiciosa política industrial de R$ 300 Bilhões

Foto: Arquivo / SECOM

O Governo Federal lançou a Nova Indústria Brasil (NIB), uma ambiciosa política industrial com investimentos previstos de R$ 300 bilhões até 2026. Com foco em seis missões estratégicas, que abrangem desde o fortalecimento das cadeias agroindustriais até a promoção da transformação digital, o programa visa impulsionar a reindustrialização do país. A NIB adota medidas como incentivos fiscais, financiamento subsidiado, investimento em pesquisa e desenvolvimento, e qualificação profissional. A iniciativa, resultado de amplo diálogo entre governo e setor produtivo, busca elevar a competitividade da indústria brasileira e contribuir para o desenvolvimento sustentável. A FIESC (Federação das Indústrias de Santa Catarina) avalia positivamente a nova política, destacando sua importância para fortalecer o setor no estado, um polo industrial. O presidente da FIESC, Mario Cezar de Aguiar, destaca que o aporte de recursos impulsionará investimentos em tecnologia e inovação, promovendo a neoindustrialização.

 

Bons ventos. Executivos da General Motors Internacional anunciaram investimentos de R$ 7 bilhões no Brasil até 2028. Aportes serão empregados em melhorias na capacidade e nas condições de produção da indústria automobilística. O comunicado foi realizado em Brasília (DF) após uma reunião com o presidente Luiz Inácio Lula da Silva e membros do alto escalão do governo federal e contou com a presença do presidente internacional da GM, Shilpan Amin, do presidente da GM América do Sul, Santiago Chamorro, e do vice-presidente Fábio Rua.

 

Foto: Rubens José Martins de Abreu Filho, Walther Biselli e o presidente do CORECON-SC, André Luiz Koerich / Crédito: divulgação.

25 anos I. No âmbito das celebrações pelos 25 anos de existência da Corte Catarinense de Mediação e Arbitragem, o CORECON-SC foi homenageado como entidade instituidora da Corte. O presidente executivo da Corte, Rubens José Martins de Abreu Filho, e o conselheiro Walther Biselli Júnior entregaram uma placa alusiva ao presidente do CORECON-SC, André Luiz Koerich. Rubens ressaltou a importância do apoio do CORECON-SC, destacando que tal colaboração fortalece ainda mais o desafio da Corte em difundir a resolução de conflitos de forma extrajudicial, promovendo a celeridade e a justiça em um ambiente jurídico confiável.

 

25 anos II. A Corte Catarinense de Mediação e Arbitragem (CCMA), uma instituição sem fins lucrativos, é administrada por órgãos como Assembleia Geral, Conselho de Administração, Diretoria Executiva, Conselho Fiscal e Conselho de Ética. Atuando nas Câmaras de Mediação e Arbitragem, sua fundação em 1997 no “Espaço Mercosul” reflete uma visão visionária sob o Protocolo Geral de Cooperação entre o Governo do Estado e a Universidade Federal de Santa Catarina. A CCMA não apenas gerencia sistemas alternativos de resolução de conflitos nacional e internacionalmente, mas também promove uma cultura de resolução extrajudicial, oferecendo atualizações técnicas aos seus Mediadores e Árbitros. Comprometida com princípios éticos, a instituição valoriza sua credibilidade e, como a mais antiga em funcionamento em Santa Catarina, participa ativamente da FEMAESC (Federação das Entidades de Mediação e Arbitragem de Santa Catarina), integrando também o Programa BID/CACB (Banco Interamericano de Desenvolvimento/Confederação das Associações Comerciais e Empresariais do Brasil) de Mediação e Arbitragem, além de manter parcerias essenciais para conscientizar a sociedade sobre métodos extrajudiciais de resolução de conflitos.

 

Foto: Acate / Crédito: Janine Alves, acervo pessoal.

Sustentabilidade e Produtividade no Agronegócio. A Vertical de Agronegócio da ACATE (Associação Catarinense de Tecnologia) organizará o AgTech Summit nos dias 24 e 25 de janeiro, um evento online e gratuito focado em posicionar a tecnologia como aliada da sustentabilidade e produtividade no campo. Com a crescente digitalização e desafios no setor agrícola, incluindo mudanças climáticas, dificuldades de crédito e conectividade limitada em áreas rurais, o AgTech Summit reunirá autoridades do agronegócio para discutir estratégias e soluções. O evento abordará temas como inclusão digital no campo, sustentabilidade, políticas públicas e tendências. Com inscrições abertas, o AgTech Summit visa impulsionar o papel das tecnologias no agronegócio brasileiro, responsável por quase 30% do PIB do país. Para mais informações e inscrições, acesse https://sc.acate.com.br/agtech-summit-2024.

 

Foto: Primeira reunião de 2024, a Associação de Moradores de Jurerê Internacional – AVANTE / Divulgação.

Ampliação da faixa de areia. Na primeira reunião de 2024, a Associação de Moradores de Jurerê Internacional – AVANTE recebeu o Secretário Municipal de Transportes e Infraestrutura, Rafael Hahne, para discutir a recomposição da faixa de areia da praia de Jurerê Internacional. Com a participação de mais de 40 pessoas, o encontro destacou o papel crucial da AVANTE nessa conquista, iniciada em julho de 2023 sob a liderança do presidente Marcelo Cavaggi. O Secretário anunciou o início iminente das obras, prevendo conclusão em 60 dias, e fez um apelo para que os usuários da praia a utilizem com cuidado durante a execução da obra.

 

Foto: Reprodução

Comida na mesa. De acordo com uma pesquisa da Associação Brasileira de Supermercados (Abras), o consumo nas famílias brasileiras apresentou um aumento de 3% ao longo de 2023. Destaca-se que, em novembro para dezembro, esse crescimento foi ainda mais expressivo, alcançando 18%, o maior registro de um mês para o outro em dois anos. Fatores como os repasses de programas sociais como Bolsa Família e auxílio gás, somados ao lote residual de restituição de Imposto de Renda e à segunda parcela do 13º salário, contribuíram para fortalecer o poder de compra das famílias brasileiras, estimulando as atividades de consumo.

 

Foto: School Of Rock Floripa / Crédito: divulgação.

Sintonia Musical. A School of Rock Floripa, parte da maior rede global de escolas de música, inaugura sede em Florianópolis, enfocando espaços imersivos e experiências musicais. Com 20 ambientes, incluindo estúdios profissionais, a escola busca triplicar seus atendimentos, destacando-se por programas de elenco de banda e apresentações semestrais. A diretora Renata Loubet enfatiza o propósito transformador da escola, atendendo a uma diversidade de faixas etárias e necessidades, desde a aprendizagem de instrumentos até atividades terapêuticas. O diretor Fabio Filippon destaca a filosofia centrada na prática musical, contribuindo para o bem-estar emocional e físico dos alunos. A nova sede posiciona a School of Rock Floripa como uma referência musical na região.

 

Os colunistas são responsáveis por seu conteúdo e o texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal Making of.

Compartilhe esses posts nas redes sociais:

Nuvem de poeira!

Estiagem, crise hídrica, aumento do preço da energia e agora uma nuvem de poeira que atingiu uma das áreas mais ricas e desmatadas do país, mesmo assim a relação entre o meio ambiente e a economia ainda passa longe das discussões sobre o futuro do sistema

SOS Santa Catarina

O setor produtivo catarinense está fazendo campanha para chamar atenção do Governo para as necessidades urgentes das rodovias. Será que isso significa que as reuniões regadas a um bom coffee break ou a um menu incrementado para apresentação de planos de g

Construção em ritmo acelerado

Crescimento, fusão e projetos personalizados são as apostas para conquistar novas fatias de mercado na construção civil.